Cada deputado faltou em média 24 vezes durante a legislatura

  • ECO
  • 24 Julho 2019

Os 230 deputados da AR acumularam quase 5.500 faltas durante a legislatura. Contudo, dois deputados, ambos do PSD, não têm nenhuma falta. Maioria das faltas são justificadas por trabalho político.

Os deputados da Assembleia da República (AR) acumularam um total de 5.445 faltas ao longo dos quatro anos da legislatura, segundo um levantamento feito pelo Jornal de Notícias (link indisponível). Segundo o diário, cada deputado faltou em média 24 vezes e a maioria das faltas foram justificadas com trabalho político ou missões parlamentares.

O Partido Socialista lidera a lista de deputados com mais faltas acumuladas, com Ana Catarina Mendes (129), Paulo Pisco (128), José Cesário (113) e Miranda Calha (113) a garantirem o top4 dos mais faltosos para os socialistas, diz o JN. Do lado oposto, encontram-se dois deputados do PSD: Carlos Silva e Pedro Pimpão não registaram nenhuma falta.

Além do trabalho político ou parlamentar — que deputados ouvidos pelo JN defendem que não devia ser considerado falta –, as razões pessoais e familiares são as que mais vezes surgem a justificar faltas, incluindo-se nestas as faltas por doença.

As restantes justificações apresentadas já dizem respeito a questões menos óbvias ou explicativas, como as faltas por motivo de “força maior” (189 faltas) ou faltas por “motivo justificado”. Mas nem todas as faltas estão justificadas: Segundo o JN, há 51 faltas que ainda aguardam justificação e um total de 85 já consideradas como injustificadas.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Cada deputado faltou em média 24 vezes durante a legislatura

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião