Lucros da Google sobem 32% para 17 mil milhões de dólares

  • Lusa
  • 26 Julho 2019

Lucro dispara à conta da queda de valores pagos a título de multas aplicadas pelos reguladores na Europa, que se ficaram pelos 1,697 mil milhões de dólares, depois dos 5,071 mil milhões de 2018.

A multinacional norte-americana Alphabet, holding da Google, anunciou lucros de 16,604 mil milhões de dólares (15 mil milhões de euros) no primeiro semestre, mais 31,82% que no mesmo período do ano anterior. A empresa sediada em Mountain View, no Estado da Califórnia, teve um volume de negócios de 75,283 mil milhões, mais 18% homólogos.

O acentuado crescimento dos resultados deveu-se à queda acentuada das importâncias destinadas a pagar multas aplicadas pelos reguladores na Europa, que se ficaram pelos 1,697 mil milhões de dólares, depois dos 5,071 mil milhões de 2018.

A multa aplicada no primeiro semestre do ano em curso correspondeu a uma sanção da Comissão Europeia, para punir a “supressão da concorrência” no setor da publicidade na internet, que foi paga no início do ano, com a empresa a iniciar agora o processo de recurso.

A Alphabet aproveitou a apresentação de resultados para anunciar que vai avançar com um programa de compra de ações próprias, no valor de 25 mil milhões de dólares.

Os resultados da Alphabet foram bem recebidos pelos investidores em Wall Street e as suas ações estavam a subir 9,07% nas operações eletrónicas, que decorrem depois do encerramento da praça nova-iorquina.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Lucros da Google sobem 32% para 17 mil milhões de dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião