Avaliação das casas sobe pelo 27.º mês. Está nos 1.272 euros por metro quadrado

O preço a que os bancos avaliam os imóveis para efeitos de concessão de crédito subiu sete euros entre maio e junho. Fixou-se nos 1.272 euros por metro quadrado.

Novo máximo para a avaliação que os bancos fazem aos imóveis na hora de dar crédito. Em junho, o preço do metro quadrado subiu pelo 27.º mês consecutivo, para se fixar nos 1.272 euros, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE) nesta segunda-feira. Trata-se de um novo máximo de mais de uma década.

De acordo com o gabinete público de estatísticas, entre maio e junho, o preço do metro quadrado subiu sete euros, montante que corresponde uma subida de 0,6%. Face ao definido em junho do ano passado, o preço do metro quadrado aumentou 92 euros, correspondente a uma variação percentual de 7,8%.

Junho foi assim o 27.º mês consecutivo de subidas deste indicador do qual dependem as condições de acesso ao crédito à habitação por parte das famílias, com este a atingir um novo máximo desde pelo menos setembro de 2008, período em que começa o histórico do INE.

Histórico da avaliação das casas

Fonte: INE

Considerando o exemplo de um imóvel de 100 metros quadrados e o valor da avaliação bancária, uma casa que estava avaliada há um ano por 118 mil euros hoje vale 127,2 mil euros. Ou seja, mais 9.200 euros, em média.

Algarve reforça liderança. Madeira foi a que mais cresceu

Todas as regiões do país, à exceção da Região Autónoma dos Açores, registaram aumentos na avaliação dos imóveis entre maio e junho. Naquela região autónoma, o preço do metro quadrado baixou sete euros (-0,8%), para se fixar nos 1.095 euros. Já a maior subida foi registada na Região Autónoma da Madeira (3%), onde a avaliação se fixou em junho nos 1.375 euros por metro quadrado, mantendo-se a terceira região “mais cara” do país.

A primeira posição do pódio de preços manteve-se na posse do Algarve, com o valor das casas a subir 1%, entre maio e junho, para os 1.672 euros. Distanciou-se ainda mais da Área Metropolitana de Lisboa, que no seguimento de um avanço de oito euros (0,5%) viu a avaliação bancária situar-se numa média de 1.547 euros por metro quadrado.

(Notícia atualizada à 11h30 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Avaliação das casas sobe pelo 27.º mês. Está nos 1.272 euros por metro quadrado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião