Leilão de energia solar bate “recorde mundial”, colocando lote por 14,70 euros por MW

  • ECO e Lusa
  • 30 Julho 2019

Eespanhola Iberdrola arrecadou 7 dos 24 lotes leiloados na primeira ronda de leilões. Ministro fala em preços que "bateram recorde mundial", com transformação por MW a ficar por €14,7 num lote.

O leilão de energia solar contou com 64 concorrentes, tendo a procura sido nove vezes superior à oferta, fechando com um valor médio de 20 euros por megawatt/hora (MWh), disse esta terça-feira à Lusa o ministro da Transição Energética. Já ao Negócios, Matos Fernandes apontou que a Iberdrola foi a grande vencedora, ganhando sete dos 24 lotes disponibilizados na ronda que terminou segunda-feira.

“Este leilão tinha tudo para correr bem no sentido em que estamos a falar de um dos países da Europa, em conjunto com a Turquia, com maior potencial para produzir eletricidade a partir do solar, mas de facto foram ultrapassadas as melhores expectativas tanto na concorrência como essencialmente no preço”, afirmou João Pedro Matos Fernandes.

Ao todo, 13 empresas asseguraram lotes de energia solar na primeira ronda de leilões, explicou ainda o governante. O Expresso já havia noticiado que a EDP, Galp e Finerge não venceram nenhum dos lotes, mas Matos Fernandes, garante que há empresas nacionais entre os vencedores.

"Essa grande procura refletiu-se no preço: batemos um recorde do mundo num dos lotes, e os preços médios são os mais baixos da Europa”

Matos Fernandes

Ministro do Ambiente

Em declarações à Lusa, um dia depois do fim do leilão de energia, o governante disse que o valor médio alcançado foi de 20 euros MWh, menos de metade do valor máximo definido (45 MWh), realçando que foi batido “um recorde mundial”, ao vender um lote por 14,70 euros por MWh.

“Essa grande procura refletiu-se no preço: batemos um recorde do mundo num dos lotes, e os preços médios são os mais baixos da Europa”, sublinhou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Leilão de energia solar bate “recorde mundial”, colocando lote por 14,70 euros por MW

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião