Portagens rendem três milhões por dia às concessionárias

  • ECO
  • 6 Agosto 2019

A Brisa aparece no topo da tabela das receitas das concessionárias de autoestradas, ao arrecadar 592,6 milhões de euros no ano passado.

As portagens renderam às concessionárias cerca de 1.114 milhões de euros no ano passado, mais 79 milhões de euros do que em 2017. Este é o valor mais alto dos últimos anos. Na prática, os automobilistas deixaram nas 172 praças de portagens uma média de três milhões de euros por dia em 2018.

O aumento médio das portagens fixou-se, no ano passado, nos 1,42%, adianta o Correio da Manhã (acesso condicionado), de acordo com dados divulgados pela associação do setor. Em 2018 o valor arrecadado cresceu 7,6% em relação ao ano anterior, quando foram ultrapassados os mil milhões de euros em receita.

A Brisa lidera a tabela das receitas com 592,6 milhões de euros, quase metade do total arrecadado pelas vias geridas pelos privados. Segue-se a Lusoponte, que gere as pontes 25 de Abril e Vasco da Gama, em segundo lugar, com 82,3 milhões de euros arrecadados.

É nos seis quilómetros, pontuados por 16 portagens, da ponte 25 de Abril que se concentra mais tráfego no país. O tráfego no total das autoestradas aumentou 2,6% no ano passado, sendo que em todas as vias se verificou uma subida. O número de áreas de serviço espalhadas pelo país, 146, mais do que duplicou em relação ao ano anterior.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portagens rendem três milhões por dia às concessionárias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião