Portagens rendem três milhões por dia às concessionárias

  • ECO
  • 6 Agosto 2019

A Brisa aparece no topo da tabela das receitas das concessionárias de autoestradas, ao arrecadar 592,6 milhões de euros no ano passado.

As portagens renderam às concessionárias cerca de 1.114 milhões de euros no ano passado, mais 79 milhões de euros do que em 2017. Este é o valor mais alto dos últimos anos. Na prática, os automobilistas deixaram nas 172 praças de portagens uma média de três milhões de euros por dia em 2018.

O aumento médio das portagens fixou-se, no ano passado, nos 1,42%, adianta o Correio da Manhã (acesso condicionado), de acordo com dados divulgados pela associação do setor. Em 2018 o valor arrecadado cresceu 7,6% em relação ao ano anterior, quando foram ultrapassados os mil milhões de euros em receita.

A Brisa lidera a tabela das receitas com 592,6 milhões de euros, quase metade do total arrecadado pelas vias geridas pelos privados. Segue-se a Lusoponte, que gere as pontes 25 de Abril e Vasco da Gama, em segundo lugar, com 82,3 milhões de euros arrecadados.

É nos seis quilómetros, pontuados por 16 portagens, da ponte 25 de Abril que se concentra mais tráfego no país. O tráfego no total das autoestradas aumentou 2,6% no ano passado, sendo que em todas as vias se verificou uma subida. O número de áreas de serviço espalhadas pelo país, 146, mais do que duplicou em relação ao ano anterior.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Portagens rendem três milhões por dia às concessionárias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião