Iberdrola estreia-se na energia solar em Portugal

  • ECO e Lusa
  • 8 Agosto 2019

A implementação do projeto está prevista para o período 2021-2023 e vai proporcionar energia limpa a 440 mil casas portuguesas, avança a elétrica espanhola.

A Iberdrola vai entrar na energia solar fotovoltaica em Portugal, com a adjudicação de 149 megawatts (MW), “o que representa a entrada da empresa no desenvolvimento deste tipo de tecnologia nacional“, anunciou a empresa espanhola esta quarta-feira. Em comunicado, a elétrica acrescentou que “esta capacidade está distribuída em duas regiões, Algarve e Vale do Tejo, de acordo com o resultado do leilão público”.

“Estes novos projetos destacam o compromisso da Iberdrola com a energia renovável e para continuar a contribuir para a transição para uma Europa descarbonizada”, refere o presidente da empresa, Ignacio Galán, citado no comunicado. “Neste sentido, a Iberdrola reafirma, mais uma vez, o seu forte comprometimento com a transição para uma economia de baixo carbono, consolidando o seu papel fundamental no mercado elétrico nacional”, acrescenta.

“A empresa é líder no setor comercial de grandes consumidores, com quase 33% do mercado e possui uma carteira de 300.000 clientes, entre a eletricidade e gás natural”, afirma a Iberdrola, acrescentando que a implementação do projeto está prevista para o período 2021-2023, significará um aumento de 6% do total de energia elétrica instalada no país e proporcionará energia limpa a 440 mil casas portuguesas.

O grupo lidera também o projeto do Sistema Eletroprodutor do Tâmega, que envolve a construção de três novas centrais (Gouvães, Daivões e Alto Tâmega), com uma potência total de 1.158 MW e um investimento de mais de 1.500 milhões de euros. Atualmente, a Iberdrola detém “a terceira maior participação em número de clientes de eletricidade no país (5,4%) e a segunda maior em consumo (17,4%)”, refere.

Solaria também entra no mercado português

Também a Solaria anunciou a sua entrada no mercado português com a adjudicação de 49 MW. Segundo o Expansión (acesso livre, conteúdo em espanhol), esta energia será fornecida a partir de quarto projetos situados na região do Alentejo. Ao todo, a produção estimada é de 100 GWh por ano, o equivalente ao consumo de 30.000 residências.

“Tenho o prazer de anunciar a nossa entrada no mercado português através desta adjudicação. Estes 49MW são mais um marco no caminho para cumprir o nosso plano estratégico e serão a base para continuar a aumentar a nossa presença em Portugal”, afirmou o presidente da Solaria, Enrique Díaz-Tejeiro.

 

Comentários ({{ total }})

Iberdrola estreia-se na energia solar em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião