Serviços mínimos estão a ser cumpridos e até “ultrapassados”, diz Governo

O ministro João Pedro Matos Fernandes afirmou que, esta quinta-feira, os serviços mínimos estão a ser cumpridos e, em alguns casos, mesmo "ultrapassados".

O Governo garantiu, ao final da manhã desta quinta-feira, que os serviços mínimos definidos para a greve dos motoristas estão a ser cumpridos e, em alguns casos, mesmo a ser ultrapassados. No caso dos postos da rede de emergência, os stocks de combustível no Algarve já estão a regressar para níveis próximos à média nacional.

Ainda assim, o ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, voltou a apelar à contenção dos portugueses. “Estamos em greve e devemos usar o combustível que temos com parcimónia”, afirmou, numa conferência de imprensa a partir da sede da ENSE, em Lisboa, para fazer o ponto de situação da greve.

O ministro referiu que “existe uma completa normalidade na distribuição”. Na Prio em Aveiro, já foram feitas 43 cargas e descargas, quando os serviços mínimos previam 41. Em Leça da Palmeira, posto que abastece o Porto e a região Norte, “já foram feitas 98% das cargas previstas”. Em Sines, esse número é de 95%; no Barreiro é de 54% e, na CLC, em Aveiras de Cima, o número é de 47%.

“Mesmo sendo feriado, vai ser ultrapassado o número de cargas previstas”, acrescentou João Pedro Matos Fernandes, garantindo que “já há imensos camiões a entrar e a sair” dos centros “sem acompanhamento policial. “Há apenas um piquete ativo e reduzido na CLC em Aveiras”, referiu o governante.

Estamos em greve e devemos usar o combustível que temos com parcimónia.

João Pedro Matos Fernandes

Ministro do Ambiente e da Transição Energética

Falando também num “grande esforço” para reforçar os stocks de combustível no Algarve, o ministro afirmou que, pela “primeira vez” desde o início da greve, o gasóleo disponível no Algarve está em linha com a média nacional.

No que toca a incumprimentos da requisição civil, o ministro falou num “caso flagrante de incumprimento”, respeitante ao abastecimento do aeroporto de Faro a partir da estação ferroviária de Loulé. “Ao início apareceram quatro dos seis trabalhadores”, disse, mas mais tarde “chegaram os dois trabalhadores faltosos”.

Em suma, segundo o ministro, “a situação passa-se com toda a normalidade”. “A esta hora [cerca das 13h00 de quinta-feira], os serviços mínimos estão a ser cumpridos e em alguns casos já foram ultrapassados”, concluiu.

(Notícia atualizada pela última vez às 13h22)

Comentários ({{ total }})

Serviços mínimos estão a ser cumpridos e até “ultrapassados”, diz Governo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião