Salvador Caetano paga 2,80 euros por ação para tirar Toyota Caetano de bolsa

  • ECO
  • 30 Agosto 2019

A Salvador Caetano Auto, SGPS vai pagar 2,8 euros por ação aos acionistas que não votaram favoravelmente a proposta de saída de bolsa da Toyota Caetano.

Os acionistas da Toyota Caetano aprovaram esta sexta-feira a saída de bolsa, uma decisão que a empresa considera que se justifica por já não necessitar deste tipo de financiamento.

“A Toyota Caetano Portugal informa ter-se realizado hoje a sua assembleia geral extraordinária, na qual estiveram presentes ou representantes acionistas, detentores de ações correspondentes a 95,6236% do capital social, sendo que a assembleia geral aprovou, por unanimidade dos votos expressos, a perda da qualidade de sociedade aberta da Toyota Caetano Portugal”, informa a empresa em comunicado.

De acordo com o que foi aprovado, designou-se a Salvador Caetano Auto, SGPS como a acionista que se obriga a adquirir as ações Toyota Caetano Portugal aos acionistas que não votaram favoravelmente a declaração de perda de qualidade de sociedade aberta. Vai fazê-lo nos próximos três meses, pagando uma contrapartida de 2,80 euros por ação.

O preço da contrapartida poderá não ser este, no entanto. Poderá ser nomeado um auditor independente para determinar a contrapartida mínima. “No caso de o auditor independente determinar um preço mínimo inferior a 2,80 euros prevalecerá a proposta firme apresentada pela Salvador Caetano”, diz o comunicado.

Por outro lado, se o auditor independente determinar um contrapartida mínima superior a 2,80 euros, a Salvador Caetano pode não aceitar a proposta e assim a saída da Toyota Caetano de bolsa fica em efeito.

As ações da Toyota Caetano fecharam a sessão a cair 2,78% para 2,8 euros.

A Toyota Caetano comercializa veículos da Toyota e produz automóveis na fábrica de Ovar, distrito de Aveiro.

Na explicação para esta proposta, a empresa disse que “o mercado bolsista não constitui já um mecanismo de financiamento dos capitais próprios”, pelo que “a perda da qualidade de sociedade aberta pela Toyota Caetano Portugal não afeta o normal desenvolvimento da sua atividade”.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Salvador Caetano paga 2,80 euros por ação para tirar Toyota Caetano de bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião