Esperanças de estímulos monetários animam Wall Street

Os investidores mostram-se otimistas de que os bancos centrais, nomeadamente a Reserva Federal norte-americana, vão avançar com pacotes de estímulos monetários para a economia.

A primeira sessão da semana arranca com ganhos em Wall Street, com os investidores animados pela perspetiva de estímulos monetários vindos dos bancos centrais. Otimismo em relação à aproximação das negociações entre os Estados Unidos e a China ajudou também a impulsionar os ganhos.

Na semana passada, autoridades chinesas anunciaram estímulos de apoio à economia. Nesta segunda-feira, foram revelados mais dados que mostram uma queda nas exportações do país. Já nos Estados Unidos, o presidente da Reserva Federal norte-americana sinalizou, na passada sexta-feira, que iria atuar de forma apropriada face ao momento económico sentido no país.

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, mostrou-se confiante com o desempenho da economia norte-americana, dizendo nesta segunda-feira que não vê a ameaça de uma recessão, numa altura em que a Administração de Donald Trump tenta reavivar as negociações comerciais com a China, em declarações citadas pela Reuters.

Perante estes desenvolvimentos, o índice de referência norte-americano S&P 500 avança 0,32% para 2.988,39 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq sobe 0,34% para os 8.130,98 pontos. O industrial Dow Jones acompanha também a tendência, ao valorizar 0,15% para os 26.837,54 pontos.

No setor tecnológico o destaque vai para a Apple que avança 1,24%, para os 215,90 dólares, e a Amazon que sobe 0,49%, para os 1.842,45 dólares. A Alphabet, dona da Google, também valoriza, 0,67% para os 1.214,36 dólares, mesmo numa altura em que arranca uma investigação a práticas anticoncorrenciais em várias empresas tecnológicas norte-americanas.

Comentários ({{ total }})

Esperanças de estímulos monetários animam Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião