Inditex tem melhor primeiro semestre de sempre. Vendas sobem 7%

As vendas do grupo espanhol subiram 7% no primeiro semestre fiscal, impulsionando o resultado líquido. Tanto as lojas online como físicas ficaram dentro dos objetivos definidos.

O Grupo Inditex está de volta aos recordes. A “mãe” da Zara e da Bershka teve o melhor primeiro semestre de toda a sua história, tendo as vendas aumentado 7% para 12,8 mil milhões de euros. A impulsionar estes números estiveram tanto as lojas físicas como online.

O resultado líquido da empresa subiu 10% para os 1.549 milhões de euros, de acordo com o Cinco Días (conteúdo em espanhol), impulsionado pelo disparo nas vendas da empresa, que continuam numa trajetória ascendente. Nos primeiros seis meses do ano fiscal, o Grupo Inditex alcançou os 12,82 mil milhões de euros em vendas, mais 6,6% do que no mesmo período do ano anterior.

Em termos de vendas comparáveis — ajustadas de sazonalidade –, o Grupo registou um aumento de 5%, uma evolução que foi ao encontro do objetivo de ficar entre os 4% e os 6%. “As vendas comparáveis foram positivas em todas as áreas geográficas e em todos os formatos, tanto nas lojas físicas como na loja online”, explicou, em comunicado, Marcos López, responsável de relações com os investidores da Inditex.

A Europa é o principal mercado do Grupo espanhol, acumulando quase 45% de todas as vendas. Espanha representa 15,6% dessa fatia. O EBITDA da Inditex subiu para 3.447 milhões de euros entre fevereiro e julho.

Nos primeiros seis meses do ano fiscal, realizaram-se aberturas em 31 mercados, sendo atualmente 7.420 lojas em todo o mundo. O Grupo Inditex prevê investir cerca de 1.400 milhões de euros, principalmente na abertura de uma nova superfície comercial em localizações-chave.

Em março deste ano, a marca Zara começou a vender online no Brasil, passando, em maio, para a Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Líbano, Egito, Marrocos, Indonésia, Sérvia e Israel. Em agosto foi a vez do Barém, Omã, Koweit, Qatar e Jordânia. “Entre setembro e outubro”, a Zara vai lançar a loja online na África do Sul, Colômbia, Filipinas e Ucrânia.

Entre as novidades também está a entrada da Zara Home no mundo dos móveis e dos eletrodomésticos, lançando a primeira linha de produtos de cozinha. A marca de decoração vai apostar na venda de produtos de marcas premium, como por exemplo a Smeg.

Apesar destes resultados bastante positivos, as ações da Inditex estão em queda na bolsa espanhola: recuam 1,31% para 28,235 euros.

Comentários ({{ total }})

Inditex tem melhor primeiro semestre de sempre. Vendas sobem 7%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião