Cofina compra TVI. Mário Ferreira quer “fazer uma coisa com piada”

  • ECO
  • 16 Setembro 2019

Empresário será o segundo maior acionista, atrás de Paulo Fernandes, após a compra da Media Capital, dona da TVI, pela Cofina. Diz que é "só esperar mais alguns dias” até o negócio estar concluído.

“Poderemos fazer uma coisa com piada, mas só farei comentários depois da operação [de compra da Media Capital pela Cofina] se concluir”, diz Mário Ferreira, fundador da Douro Azul que deverá ficar como segundo maior acionista da empresa liderada por Paulo Fernandes, isto após o aumento de capital que será levado a cabo para financiar a aquisição da dona da TVI.

“O que disser agora só serve para perturbar o negócio”, afirmou Mário Ferreira ao Expresso. “É só esperar mais alguns dias” até poder fazer mais comentários sobre o futuro da TVI. O acordo para a compra da estação de Queluz de Baixo está fechado, como o ECO avançou, mas faltam detalhes jurídicos relacionados com o lançamento da OPA sobre a Media Capital.

Mário Ferreira vai entrar no negócio, juntamente com o Abanca, que detém 5% da Media Capital, através da participação num aumento de capital de 80 milhões de euros que será realizado pela Cofina, dona de títulos como o Correio da Manhã, mas também da CMTV. Esta operação permitirá a Paulo Fernandes reduzir a necessidade de financiamento junto da banca, nomeadamente do Santander e do Société Générale.

O negócio entre a Cofina e a Prisa será realizado por um valor que aponta para um enterprise value da Media Capital, isto é, valor de capital mais a dívida, da ordem dos 255 milhões de euros. Mas este valor poderá vir a variar em função do share de audiência média da TVI no final de 2019. Por comparação, a Altice valorizava a Media Capital, em 2017, por 440 milhões de euros.

Comentários ({{ total }})

Cofina compra TVI. Mário Ferreira quer “fazer uma coisa com piada”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião