Portugal com 66 nomeações nos óscares do turismo

Depois de ter recebidos prémios com os melhores destinos do mundo, Portugal vai em novembro à final dos World Travel Awards com 66 nomeações.

Depois de um recorde de 17 óscares nos World Travel Awards do ano passado, entre eles o de melhor destino, melhor cidade e melhor ilha, Portugal está novamente na final deste ano com 66 nomeações. Há prémios para melhor companhia aérea, melhor hotel de luxo e até melhor atração turística, as distinções são muitas. O ECO reuniu-as todas e, a 26 de novembro em Mascate, Omã, serão conhecidos os vencedores.

O destaque é mesmo a hipótese de o país levar para casa (novamente) o galardão de melhor destino turístico do mundo. Para isso, tem de levar a melhor sobre mais de 20 países, entre os quais os Estados Unidos ou o Dubai.

A concorrer para o melhor destino de praia está o Algarve, enquanto a Madeira destaca-se na categoria de melhor ilha e os Açores na de melhor sítio para a prática de mergulho. Mas é a cidade de Lisboa que concorre a mais distinções: melhor cidade, melhor escapadinha, melhor porto e destino de cruzeiros, e ainda com o Turismo de Lisboa a ser nomeado para melhor organismo oficial de uma cidade.

No setor hoteleiro, mas de luxo, o Pine Cliffs está nomeado para oito categorias, entre elas a de melhor resort de luxo, assim como o Conrad Algarve, que conta com sete nomeações. Destaque ainda para o Pestana Porto Santo (resort com tudo incluído), Quinta da Bela Vista (melhor boutique hotel), enquanto o Lapa Palace e o Reid’s Palace estão nomeados para melhores hotéis clássicos do mundo.

Ainda na hotelaria, o The Vine e o 1908 Lisboa Hotel vão tentar vencer os prémios de melhor hotel design, enquanto o Vila Joya concorre a melhor boutique resort e melhor hotel gastronómico.

E porque o que é nacional é bom, a TAP também está a brilhar nesta edição dos óscares do turismo. A companhia aérea portuguesa está nomeada para melhor companhia para voar para África, para a Europa e para a América Latina. Além disso, a revista da TAP — Up — está nomeada para melhor revista de bordo.

Nas atrações turísticas, os Passadiços do Paiva estão nomeados para melhor atração turística de aventura, depois de uma vitória no ano passado, e para melhor projeto de desenvolvimento turístico. Destaque ainda para o Dark Sky Alqueva que vai tentar levar para casa o prémio de Turismo Responsável. A Parques de Sintra – Montes da Lua e a Douro Azul também merecem distinções, estando nomeados para melhor empresa de conservação e melhor empresa de cruzeiros fluviais, respetivamente.

Comentários ({{ total }})

Portugal com 66 nomeações nos óscares do turismo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião