Inglês, francês e espanhol. Estas são as línguas que os alunos portugueses mais aprendem

Em Portugal, 95% dos estudantes do ensino básico aprendem inglês. Segue-se o francês e o espanhol. Mas, na maioria dos países da UE, o alemão assume maior expressividade do que o espanhol.

Não há margem para dúvidas. Quando a pergunta é qual a língua estrangeira mais estudada pelos alunos dos vários países da União Europeia (UE), a resposta é unânime: inglês. Em 2017, quase 97% dos alunos europeus aprenderam inglês durante o ensino básico, que vai do primeiro ao nono ano, avança o Eurostat.

Países como a Dinamarca, a Áustria e a Grécia estão até acima da média, com a totalidade (ou a praticamente) dos estudantes a terem aulas de inglês na escola (100%, 99,9% e 99,5%, respetivamente). No caso de Portugal, 95% dos alunos do ensino básico aprendem inglês.

O inglês é seguido pelo francês, com 33% dos estudantes da UE a aprenderem a língua durante a escolaridade básica. Mas há países onde a língua francesa assume especial relevância. É o caso do Chipre (85,6%), Roménia (82,2%), Portugal (69,7%), Itália (64,2%), Holanda (55,5%) e Irlanda (55%), onde mais de metade dos alunos do ensino básico estudam francês.

O terceiro lugar do pódio das línguas estrangeiras mais estudadas pertence ao alemão. Cerca de 23% dos estudantes da União Europeia estudam a língua na escola. Há que destacar, contudo, que na Dinamarca e na Polónia mais de metade dos alunos estudam alemão. Em Portugal, contudo, esta língua tem pouca representatividade (1,5%).

Os lugares do pódio estão ocupados, mas há que salientar, ainda, o espanhol. Aprendido por 17% dos alunos europeus durante o ensino básico, em França, por exemplo, mais de metade dos estudantes têm aulas de espanhol. Na escolaridade portuguesa, é mesmo a terceira língua mais aprendida pelos alunos (19,5%).

Embora não tenham qualquer representatividade em Portugal, na lista das línguas estrangeiras mais aprendidas na União Europeia, segue-se o russo e o italiano, com 2,5% e 1,3%, respetivamente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Inglês, francês e espanhol. Estas são as línguas que os alunos portugueses mais aprendem

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião