Santo António é a freguesia mais cara de Lisboa. Mas foi em Carnide que as rendas subiram mais

As rendas estão cada vez mais caras, principalmente na capital, onde há freguesias cujos preços dispararam mais de 20%. Embora Santo António continue a ser a mais cara, Carnide também brilhou.

Arrendar uma casa está cada vez mais caro. No primeiro semestre, os preços das rendas aumentaram mais de 9%. A média do país está nos cinco euros por metro quadrado, mas há 37 municípios que ultrapassaram largamente esse valor. É em Lisboa que estão as freguesias mais caras, nomeadamente Santo António, onde o metro quadrado já custa 14,12 euros. Mas o destaque vai para Carnide, onde os preços dispararam mais de 20%.

O metro quadrado do arrendamento está nos 11,71 euros em Lisboa, tendo subido 12,7% face ao primeiro semestre do ano passado. Mas há freguesias onde os preços são bem mais elevados, e outras onde os preços dispararam. De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), Santo António continua a ser o “campeão” da capital, com o metro quadrado a custar 14,12 euros. Nesta freguesia os preços subiram 7,8%, mas esta evolução foi a quarta mais baixa observada de Lisboa entre janeiro e junho.

A verdadeira estrela foi Carnide. Nesta freguesia na zona norte de Lisboa, os preços das rendas dispararam 20,5% para uma média de 13,21 euros, a maior subida observada na capital. E nem tem a ver com o número de novos contratos de arrendamento celebrados neste período, que aumentaram em oito para um total de 99. A razão é outra.

“Carnide foi remodelada nos últimos quatro ou cinco anos. Os investidores chineses começaram a comprar casas que estavam velhas, a cair, renovaram-nas e revenderam-nas”, começa por explicar ao ECO Alexandra Melo e Castro, consultora imobiliária na Remax Telheiras. “Hoje Carnide é uma zona giríssima, histórica e cheia de vida”.

Além disso, diz a especialista, Carnide está próxima do Lumiar, considerada a Alta de Lisboa, e de outros pontos importantes como o Colégio Miliar, o Centro Comercial Colombo. “E, obviamente, cresceu exponencialmente a nível de oferta de arrendamento e da procura, porque antes as pessoas não procuravam”, rematou.

Evolução das rendas no primeiro semestre (em %)

Fonte: INE | 1.º semestre

Para além de Carnide, importa ainda referir a evolução das rendas na freguesia de Avenidas Novas, onde os preços também dispararam 20,1% para uma média de 13,16 euros, Ajuda (19,1% para 11,91 euros), Alcântara (18,4% para 11,44 euros) e Benfica (17,6% para 10,89 euros).

Entre as freguesias mais caras, destaque ainda para a Misericórdia (14,03 euros por metro quadrado), Parque das Nações (13,67 euros) e a Estrela (13,34 euros). Já a mais barata para arrendar casa é Santa Clara, com uma média de 8,63 euros por metro quadrado. Atrás aparece Marvila (9,96 euros) e o Beato (dez euros). Mas há também 13 outras freguesias onde o metro quadrado ultrapassa a média da capital.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Santo António é a freguesia mais cara de Lisboa. Mas foi em Carnide que as rendas subiram mais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião