EDP Renováveis integra consórcio na Coreia do Sul para construir parque eólico flutuante

  • Lusa
  • 18 Outubro 2019

A EDP Renováveis juntamente com a WindPower Korea e a Aker Solutions anunciaram que formaram um consórcio para desenvolver um parque eólico flutuante de 500 MW na costa de Ulsan, na Coreia do Sul.

A EDP Renováveis, a WindPower Korea e a Aker Solutions anunciaram esta sexta-feira que formaram um consórcio para desenvolver um parque eólico flutuante de 500 MW na costa de Ulsan, na Coreia do Sul.

Em comunicado, a EDP garante que “o novo consórcio está empenhado em apoiar os ambiciosos planos de energia renovável do Governo sul-coreano, que quer instalar 13 GW de energia eólica em alto mar até 2030 e ter, pelo menos, 30% de produção renovável até 2040“.

O valor da transação não foi divulgado.

A KFWind assinou um Memorando de Entendimento com a autarquia de Ulsan, em janeiro de 2019, para cooperar no desenvolvimento de projetos eólicos flutuantes e apoiar o desenvolvimento industrial da região de Ulsan como centro de produção para o mercado eólico ‘offshore’ [no mar] da Coreia do Sul e de outros países.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis integra consórcio na Coreia do Sul para construir parque eólico flutuante

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião