11 startups portuguesas vão disputar o concurso de pitch do Web Summit

De entre as 135 startups escolhidas, 11 são portuguesas. O vencedor do concurso de pitch é anunciado no último dia do Web Summit, a 7 de novembro.

Onze startups portuguesas vão disputar o prémio de melhor pitch no Web Summit. A competição arranca no primeiro dia do evento e prolonga-se ate 7 de novembro, anunciou a organização esta terça-feira.

Entre a lista de finalistas nacionais estão os nomes de Bloq.it, ECO2Blocks, CORKBRICK EUROPE, Doppio Games, EVA, Fractal Mind, GoParity, Modatta, Neroes, Ripatrip e Ubirider.

Escolhidas entre as mais de 900 candidaturas, as 135 startups finalistas do concurso têm a oportunidade de apresentar a sua ideia de negócio em frente do público do palco principal e, também, a investidores de fundos internacionais, tais como Venn Ventures, Eight Roads, IMPKT Capital e outros.

Apenas uma vez, uma startup portuguesa — a Codacy — saiu vencedora do concurso, e isso aconteceu em 2014, quando o evento ainda estava em Dublin, sua cidade-Natal.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

11 startups portuguesas vão disputar o concurso de pitch do Web Summit

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião