Hoje nas notícias: Segurança Social, SMN e Galp

  • ECO
  • 5 Novembro 2019

Tombo das vendas de Testas, alerta da Galp para ameaça da transição energética à justiça social, negociações do salário mínimo, venda de imóveis pela Segurança Social em destaque na imprensa.

A quebra das vendas da Tesla em Portugal no mês de outubro é notícia no dia em que a Galp alerta para os riscos para a justiça social resultante da transição energética. Referência ainda para as negociações sobre o aumento do Salário Mínimo Nacional em que é adiado o acordo sobre rendimentos, bem como para o facto de a Segurança Social ter arrecadado 27 milhões com venda de prédios. Manuel Monteiro, ex-líder dos centristas, fala ainda no contributo que pode dar com o seu regresso ao CDS.

Segurança Social arrecada 27 milhões com venda de prédios

No último ano, a Segurança Social arrecadou cerca de 27,2 milhões de euros entre rendas e vendas de património. Isto de acordo com o relatório de atividades do Instituto de Gestão Financeira. Para este ano, o organismo que gere o património imobiliário e financeiro fixou a meta nos 25 milhões de euros e, a dois meses do final de 2019, a Segurança Social tem à venda cinco imóveis, num valor que ultrapassa os 5,5 milhões de euros.

Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago).

Galp avisa que transição energética ameaça justiça social

A Galp alerta para os efeitos económicos de eletrificar a economia para cumprir as metas de descarbonização assumidas pelo Governo. A petrolífera liderada por Carlos Gomes da Silva considera que esta estratégia poderá afetar “a viabilidade” da indústria de refinação, a maior exportadora do país. A Galp defende assim que “uma transição das fontes de energia primária” que seja “economicamente viável e socialmente justa” e “garanta a segurança de abastecimento sem disrupções” terá sempre de “ser gradual”.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Governo negocia aumento do SMN já e adia acordo de rendimentos

O Governo de António Costa vai sentar-se à mesa com os parceiros sociais esta quarta-feira para debater apenas os aumentos futuros do salário mínimo nacional. O Executivo decidiu separar um aumento de curto prazo da remuneração mínima garantida da discussão sobre um acordo de médio prazo para o aumento generalizado de rendimentos, evitando que o primeiro fique dependente da assinatura do segundo. Só depois de ouvir os parceiros sociais sobre o SMN, é que o Governo deverá então prosseguir para o acordo plurianual para outro tipo de rendimentos.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Manuel Monteiro diz que pode “dar um contributo” ao CDS

O antigo líder centrista quer regressar ao CDS. Em declarações ao Jornal i, Manuel Monteiro diz que “o CDS não cresce apenas com os que lá estão”, acreditando poder “dar um contributo”. Relativamente ao impasse em torno da sua refiliação no CDS, considera não ser próprio de um Estado de direito. “É essa a diferença entre as ditaduras, onde impera a lei da força, e as democracias, onde impera a força da lei”.

Leia a notícia completa no Jornal i (link indisponível).

Tombo nos Tesla trava venda de elétricos em Portugal

As vendas de carros 100% elétricos em Portugal ascenderam a 435 unidades em outubro, uma subida de apenas 1,6% face a igual mês do ano passado, e aquém dos 7% registados nos ligeiros de passageiros. Esse movimento acabou por ser condicionado pela forte redução nas vendas da Tesla. A marca norte-americana, líder do setor, teve o pior mês deste ano em termos de vendas, com apenas sete unidades vendidas. Baixou mesmo para a oitava posição nas vendas em outubro.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Segurança Social, SMN e Galp

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião