ARC Ratings melhora perspetiva de Portugal para “positiva”

  • ECO
  • 15 Novembro 2019

A agência de notação financeira reafirmou o rating de Portugal, mas justifica a subida do outlook com a melhoria da economia e com as expectativas de que a consolidação orçamental vai continuar.

A agência de notação financeira ARC Ratings melhorou o outlook (perspetivas de evolução) de Portugal para “positivo”, justificando a decisão com a melhoria da economia e com o facto de esperar que o Governo mantenha os esforços de consolidação orçamental nos próximos anos.

“A ARC mudou o outlook do rating de Portugal de estável para positivo baseado na melhoria contínua dos principais indicadores no contexto do crescimento económico, com o aumento da contribuição da componente Investimento do PIB, e com os esforços contínuos de consolidação orçamental, que a ARC assume que vão ser mantidos no curto e médio prazo”, indica a agência de rating numa nota distribuída esta sexta-feira.

Acrescenta ainda que o aumento da resiliência da economia portuguesa face ao exterior e que as melhorias no setor financeiro “também são positivas” para o risco de Portugal.

Ao mesmo tempo que melhorou a perspetiva, o que abre a porta a uma subida da notação da dívida nos próximos meses, a ARC também reiterou o rating de ‘BBB’ de Portugal.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

ARC Ratings melhora perspetiva de Portugal para “positiva”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião