Lucro da Sporting SAD dispara mais de 30% para 21 milhões entre julho e setembro

  • Lusa
  • 1 Dezembro 2019

Vendas do extremo brasileiro Raphinha ao Rennes por 21 milhões de euros e de Thierry Correia ao Valência por 12 milhões de euros destacam-se nos resultados deste primeiro trimestre da época de 2019.

O resultado líquido da Sporting SAD cresceu 31,2% para 21,1 milhões de euros, entre julho e setembro, que compara com o lucro de 16,1 milhões de euros em igual período de 2018, anunciaram este sábado os ‘leões’.

As vendas do extremo brasileiro Raphinha ao Rennes por 21 milhões de euros e de Thierry Correia ao Valência por 12 milhões de euros destacam-se nos resultados deste primeiro trimestre da época de 2019/20, tal como o acordo alcançado com o Olympiacos por causa de Daniel Podence, que permite um encaixe de sete milhões de euros ao Sporting.

De acordo com o documento enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os resultados operacionais das transações com jogadores atingiram os 31,7 milhões de euros, mais 82% do que no período homólogo do ano passado, com as amortizações e perdas de imparidade do plantel a ascenderem a 5,5 milhões de euros e os gastos com transações de jogadores traduzidos em 8,9 ME, mas com os rendimentos com transações de jogadores a alcançarem os 46 milhões de euros.

O ativo total da Sporting SAD fixou-se em quase 315 milhões de euros, enquanto o passivo total ascendeu a 317,5 milhões de euros, com o total do capital próprio a ficar nos 2,5 milhões de euros negativos.

Comentários ({{ total }})

Lucro da Sporting SAD dispara mais de 30% para 21 milhões entre julho e setembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião