Governo vai gastar um milhão de euros por ano na modernização dos consulados

  • ECO
  • 4 Dezembro 2019

Os planos para a modernização dos serviços dos consulados têm como objetivo tornar os serviços mais acessíveis e garantir "respostas atempadas".

O Governo vai apresentar um relatório sobre o novo sistema de gestão consular para modernizar e tornar os serviços mais simples e acessíveis. O investimento neste sistema, que já está “assegurado”, será de um milhão de euros por ano, durante a legislatura.

Será dentro de algumas semanas que o relatório será conhecido, adianta a secretária de Estado das Comunidades, Berta Nunes, em entrevista à RTP Internacional (acesso livre). O objetivo é modernizar os serviços e fazer com que as “pessoas tenham respostas atempadas”, sendo que a secretária de Estado garante que vão “ter verbas” para tal.

Entre as medidas a implementar, onde se inclui substituir computadores e uma série de equipamentos, está também previsto o alargamento a outros países europeus, e posteriormente a África e à Ásia, do Centro de Atendimento Consular, um call center, que já existe no Reino Unido e em Espanha.

No que diz respeito aos funcionários, Berta Nunes admite que, com a modernização, as necessidades de reforço de pessoal sejam menores. Substituir os trabalhadores que saíram é a prioridade, sendo que um reforço será apenas avaliado depois disso.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Governo vai gastar um milhão de euros por ano na modernização dos consulados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião