Vídeo mostra líderes do Canadá, França e Reino Unido a fazer troça de Donald Trump

Um vídeo gravado à socapa no Palácio de Buckingham mostra Justin Trudeau, Emmanuel Macron e Boris Johnson a fazerem troça de Trump. O Presidente dos EUA já reagiu.

Um vídeo que mostra um pequeno grupo de líderes mundiais a fazer troça de Donald Trump está a provocar novas tensões nas relações entre algumas das maiores economias do mundo. A gravação mostra o Presidente francês, Emmanuel Macron, o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, durante uma cerimónia no Palácio de Buckingham. O Presidente dos EUA já reagiu.

O vídeo foi publicado esta quarta-feira pelo grupo de media Canadian Broadcasting Corporation, e os três políticos não saberiam que estavam a ser gravados.

Entre outras coisas, mostra Trudeau a dizer ao grupo: “Ele estava atrasado porque tinha uma conferência de imprensa de 40 minutos antes”. Trudeau afirma ainda: “Foi só ver a equipa dele a ficar de queixo caído até ao chão…” Segundo o órgão de comunicação social canadiano, o contexto torna claro que a conversa se centrava em Donald Trump.

No vídeo (abaixo), Emmanuel Macron também participa ativamente na conversa, mas não é possível apurar o que estava a dizer. Johnson acompanha a conversa e sorri, de acordo com uma descrição do vídeo providenciada pelo The New York Times (acesso condicionado).

Confrontado com esta notícia, o Presidente dos EUA reagiu com um ataque: “Bem, ele tem dupla face”, disse Donald Trump, que considerou a atitude de Trudeau uma reação à pressão dos EUA para que o Canadá aumente a despesa militar para alcançar a meta de 2% do PIB, exigida pela NATO. “Ele deveria estar a pagar mais do que paga. Posso imaginar que não esteja contente. Mas é a vida”, afirmou Trump, citado pelo The New York Times.

A esta notícia soma-se o degradar da relação entre Trump e Macron na terça-feira, durante uma troca de palavras mais acesa em direto na televisão. “Gostaria de ter alguns combatentes do Estado Islâmico ‘bonzinhos’? Posso dar-lhe alguns”, referiu o Presidente dos EUA, alegando que “muitos” dos jihadistas do Estado Islâmico vêm de França. Macron respondeu: “Sejamos sérios. A esmagadora maioria dos combatentes [do Estado Islâmico] no terreno são combatentes que vêm da Síria e do Iraque”.

Além disso, os EUA anunciaram esta semana um aumento de 100% nas tarifas aduaneiras sobre as importações de alguns produtos franceses, no valor de 2,4 mil milhões de dólares, uma medida que vai prejudicar as empresas francesas do setor do luxo, incluindo produtores de Champanhe. A medida foi justificada por Trump como uma retaliação pelas novas taxas às grandes tecnológicas em França e poderá escalar uma guerra comercial entre os EUA e a Europa.

Estes líderes mundiais encontram-se reunidos em Londres para assinalar o 70.º aniversário da aliança transatlântica NATO. Na sequência da divulgação do vídeo, Donald Trump decidiu cancelar uma conferência de imprensa marcada para o final desta tarde e deixou a cimeira mais cedo do que o previsto.

(Notícia atualizada às 15h10 com informação de que Trump decidiu deixar a cimeira mais cedo)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Vídeo mostra líderes do Canadá, França e Reino Unido a fazer troça de Donald Trump

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião