Mais de 200 detenções em operação da Europol contra lavagem de dinheiro

  • Lusa
  • 4 Dezembro 2019

A megaoperação da Europol contra a lavagem de dinheiro, desenvolvida entre setembro e novembro, envolveu 31 países, incluindo Portugal.

Mais de 200 pessoas foram detidas e mais de três mil pessoas que transportavam dinheiro foram identificadas numa megaoperação da Europol contra a lavagem de dinheiro, entre setembro e novembro, e que envolveu 31 países, incluindo Portugal, foi esta quarta-feira divulgado.

Da quinta operação desta natureza, segundo um comunicado de imprensa da agência europeia de polícia (Europol), resultou a identificação de 3.833 ‘mulas’ de dinheiro, bem como de 386 angariadores, dos quais 228 foram detidos.

Uma ‘mula’ de dinheiro é o nome dado a um correio humano usado para despistar transferências de dinheiro internacionais com origem em atividades criminosas.

Foram abertas 1.025 investigações, precisando a agência que “muitas estão ainda a decorrer”, tendo sido evitadas perdas “no valor de 12,9 milhões de euros”. Segundo a Europol, mais de 650 bancos, 17 associações bancárias e outras instituições financeiras colaboraram na deteção de 7.520 transações fraudulentas.

Além das autoridades policiais de 31 países, colaboraram na operação de combate ao branqueamento de capitais a Eurojust (unidade de cooperação judicial da União Europeia) e a Federação Europeia de Bancos, que integra a Associação Portuguesa de Bancos.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mais de 200 detenções em operação da Europol contra lavagem de dinheiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião