Vista Alegre aumenta capital em 15 milhões. Investidores pagam 1 euro por ação

Procura pelo aumento de capital da Vista Alegre representou quase 150% dos 15 milhões de euros de novas ações oferecidas.

A Vista Alegre conseguiu concluir com sucesso o seu aumento de capital de 15 milhões de euros. Procura dos investidores excedeu a oferta em quase 50%. Novas ações foram vendidas a um euro, a margem mínima.

“A VAA – Vista Alegre Atlantis informa, na sequência do comunicado do passado dia 4 de dezembro, que se concluiu nesta data com sucesso o processo de accelerated bookbuilding junto de investidores qualificados relativo ao anunciado aumento do capital social da Sociedade”, começa por dizer a empresa do setor do vidro e da cerâmica, em comunicado enviado à CMVM, acrescentando que o aumento de capital “foi integralmente subscrito”.

Em causa está a emissão de 15.240.914 de novas ações, com um valor nominal de 0,8 euros, mas pelas quais os investidores pagaram 1 euro, com a Vista Alegre a conseguir assim angariar 15,24 milhões de euros com esta operação.

O preço final que foi fixado ficou junto da margem mínima prevista pela empresa detida em cerca de 90% pela Visabeira. O intervalo máximo previsto para o preço era de 1,15 euros. O comunicado dá ainda conta que a procura total representou cerca de 146,6% do montante da oferta.

“Como anteriormente comunicado, a realização do aumento de capital visa contribuir para a diversificação da base acionista da
Sociedade, bem como para a otimização de fontes de financiamento e o reforço do balanço e dos capitais próprios da Vista Alegre”, relembra ainda a empresa relativamente ao propósito desta operação.

Este aumento de capital acontece um ano depois de a Vista Alegre ter falhado uma operação semelhante, que foi retirada perante o clima de tensão nos mercados internacionais. Depois disso, já em outubro deste ano, a empresa realizou uma emissão obrigacionista de 50 milhões de euros, que lhe permitiu saldar uma dívida de cerca de 40 milhões de euros à Caixa Geral de Depósitos e ao BCP. Estes empréstimos impediam a Vista Alegre de pagar dividendos pelo que a expectativa é que volte a remunerar os acionistas.

Esta sexta-feira realiza-se uma sessão especial de bolsa para a apresentação dos resultados deste aumento de capital, que contará com a presença de administradores da Vista Alegre. Está ainda previsto que a liquidação da oferta ocorra a 10 de
dezembro e que a admissão das novas ações na Euronext Lisbon ocorra “no dia 13 de dezembro de 2019 ou em data próxima”.

(Notícia atualizada às 18h15 com mais informação)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Vista Alegre aumenta capital em 15 milhões. Investidores pagam 1 euro por ação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião