Carlos Tavares diz que Montepio vai estabilizar com Pedro Leitão como CEO

  • Lusa
  • 6 Dezembro 2019

Carlos Tavares vai continuar como chairman e diz que o banco da associação mutualista vai estabilizar com a nomeação de Pedro Leitão para CEO do Montepio Geral.

O presidente do conselho de administração do Montepio, Carlos Tavares, disse esta sexta-feira estar convencido de que vai haver uma estabilização do governo do Banco e confirmou que se vai manter como “chairman” da instituição.

“Estamos convencidos de que vamos finalmente ter uma estabilização do governo do banco Montepio, para que possamos trabalhar para que o banco possa desenvolver-se e corresponder àquilo que são as expectativas dos clientes e dos nossos acionistas, os 600 mil associados da associação mutualista que precisam que o banco seja rentável, eficiente e que sirva bem os seus clientes”, disse o responsável.

A declaração foi feita à margem da inauguração de um balcão de proximidade do Montepio em Avanca, Estarreja, quando questionado pela Lusa a comentar a proposta de Pedro Leitão para presidente executivo.

Carlos Tavares, que confirmou à Lusa a disposição de continuar a ser o “chairman” do Montepio, disse ainda que a exposição mediática não tem sido positiva, esperando que, tanto o Banco, como o Grupo Montepio, entrem numa nova fase que permita o seu desenvolvimento.

“Penso que não é positivo para o banco o ruído mediático que se gerou à volta do grupo Montepio como um todo, e espero que, quer o banco, quer o grupo, que estão a entrar numa nova fase com estas mudanças, tenham finalmente paz para trabalhar”, comentou.

Carlos Tavares inaugurou hoje o sétimo balcão de proximidade da instituição bancária, seguindo uma opção de estar mais próximo de populações “onde os outros estão menos” com balcões físicos, numa relação pessoal com os clientes.

“Há uma franja importante da população que ainda não tem necessariamente acesso aos canais digitais e que precisa da proximidade do banco”, justificou.

Sobre a escolha de Avanca, no concelho de Estarreja de onde é natural, para abrir mais um balcão, Carlos Tavares disse ter correspondido a estudos feitos que indicam ser aquela freguesia uma das localizações “onde se demonstrou que é possível ter uma presença que sirva a população e que seja rentável e interessante para o banco”.

“Avanca tem uma atividade empresarial interessante, uma população que precisa de serviços bancários onde há uma oferta relativamente pequena e é uma oportunidade de ter uma boa solução para todos: para os clientes e para o banco”, completou.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Carlos Tavares diz que Montepio vai estabilizar com Pedro Leitão como CEO

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião