Almoço de Natal do Montepio assinala despedida de Tomás Correia

  • ECO
  • 11 Dezembro 2019

Este ano, o almoço de Natal do Montepio assinala a despedida de Tomás Correia. O custo do encontro, cerca de 600 mil euros, está a gerar polémica, mas a Associação Mutualista desmente estes números.

O almoço de Natal do Montepio, marcado para este sábado no Altice Arena, está a gerar polémica dentro do grupo. A edição deste ano assinala a despedida do presidente da associação mutualista, Tomás Correia, e segundo o Observador, custará cerca de 235 euros por cabeça, numa despesa total que deverá rondar os 600 mil euros, assumindo cerca de 3.000 participantes.

Já depois de publicada esta notícia, uma fonte oficial da Associação Mutualista garante ao ECO que não custará 600 mil euros, desde logo porque não estarão três mil, mas menos de dois mil colaboradores. Ainda assim, a mesma fonte escusou-se a dizer qual o custo do almoço por colaborador. E também desmentiu a informação de que será a Casa do Marquês a fornecer o catering do encontro, mas não revelou qual será.

Segundo o Observador (acesso pago), que avançou a notícia, o Montepio organiza todos os anos este almoço de Natal para os trabalhadores das empresas do grupo. Mas este ano a festa vai ser de “arromba”, apesar das conhecidas dificuldades financeiras da associação. O jornal escreve que o evento contará com animação e música ao vivo da banda HMB e a refeição será servida pela Casa do Marquês, a cozinha oficial do Protocolo de Estado.

Cada empresa paga a participação dos seus trabalhadores, pelo que a maior “fatia” da conta deverá recair sobre o Banco Montepio, que é o maior empregador do grupo. Noutros anos, estes almoços chegaram a gerar tensão entre Tomás Correia, presidente cessante da Associação Mutualista Montepio, e os presidentes do banco em funções. Aliás, José Félix Morgado demitiu-se do cargo pouco tempo depois do evento em 2017, depois das fortes críticas de Tomás Correia.

“Os encontros de Natal aproximam pessoas, fortalecem laços e equipas. Por isso, entre no espírito e não perca o que, este ano, reservámos para si. Inscreva-se no Encontro de Natal do Grupo Montepio, que se realiza no próximo dia 14 de dezembro, no Altice Arena, em Lisboa, e prepare-se para uma celebração repleta de surpresas e emoções. Este ano, os HMB juntam-se à nossa celebração e marcam o ritmo da festa”, lê-se no convite que foi enviado aos funcionários do grupo.

A notícia surge dois dias depois de o ECO ter revelado que um estudo do Montepio concluiu que há uma grande franja de trabalhadores descontentes e desmoralizados na instituição, profundamente insatisfeitos com as condições de trabalho e sem vislumbrarem perspetivas de futuro na empresa. O inquérito foi realizado no verão e os resultados mantidos na gaveta até agora.

(Notícia atualizada às 22h54 com informações prestadas por fonte oficial da Associação Mutualista Montepio Geral)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Almoço de Natal do Montepio assinala despedida de Tomás Correia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião