Acionista chinês da EDP avalia alterações nos ativos internacionais

  • ECO
  • 12 Dezembro 2019

A China Three Gorges estará a trabalhar com assessores visando a constituição de uma nova empresa que agrupe os ativos internacionais detidos pelo grupo estatal chinês.

A China Three Gorges está a considerar implementar uma nova estratégia para a sua carteira de ativos internacionais, noticia a Bloomberg, citada pelo Jornal de Negócios.

A agência de notícias, que cita fontes conhecedoras do processo, diz que a companhia estatal chinesa que controla 23% do capital da EDP estará a trabalhar com assessores na constituição de uma nova empresa que agrupe os ativos internacionais. O plano poderá passar por permitir a entrada de investidores estratégicos nesta holding, abrindo caminho para uma posterior dispersão do capital em bolsa.

A Bloomberg dá ainda conta que a China Three Gorges ainda estará numa fase preliminar de avaliação destas alterações estratégicas, não existindo decisões finais sobre a estrutura da nova empresa, bem como qual será a sua avaliação potencial.

A China Three Gorges terá atualmente ativos fora da China avaliados em 14 mil milhões de dólares, segundo os cálculos da agência de notícias, isto após uma série de aquisições no setor energético na Europa e América Latina na última década.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Acionista chinês da EDP avalia alterações nos ativos internacionais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião