Pafil vai abrir fábrica em Famalicão. Pretende contratar 30 colaboradores

A Pafil vai investir dois milhões na construção de uma nova fábrica em Vila Nova de Famalicão. A inauguração está prevista para março. Com esta expansão pretende contratar cerca de 30 colaboradores.

A Pafil Confecções, empresa especializada em vestuário de neve, montanha e proteção individual, está em crescimento. Prova disso é o investimento de dois milhões de euros na construção de numa nova fábrica em Louro, Vila Nova de Famalicão. A inauguração está prevista para o final de março do próximo ano, prevendo contratar 30 colaboradores.

“A mudança de instalações prende-se essencialmente com o crescimento da empresa e com a aquisição de novas máquinas. Nas atuais instalações já não temos margem para expansão e como tal optamos por construir uma unidade de raiz”, destaca Rui Pereira, administrador da empresa.

A atual fábrica localiza-se em Barcelos e conta com 1.800 metros quadrados, que segundo o administrador da Pafil “acaba por limitar a capacidade de produção”. As novas instalações vão contar com quase o triplo do espaço, uma área total de 4.500 metros quadrados.

A Pafil emprega atualmente 75 colaboradores, mas não pretende ficar por aqui. Rui Pereira revela ao ECO que com esta expansão vai ser necessário a contratação de mais 20 a 30 novos funcionários. “O recrutamento será transversal a várias áreas, mas serão necessários mais colaboradores na área comercial e logística”, refere o administrador da empresa. As vagas serão abertas posteriormente à inauguração da nova fábrica.

A empresa que já conta com 31 anos de existência trabalha com clientes de prestigio, entre eles a BMW e a Satisfy, que é uma marca francesa de vestuário de luxo para corrida.

O mercado externo representa 98% das vendas da Pafil, sendo Alemanha, França, Inglaterra, Holanda e Itália os principais mercados da empresa nortenha. A empresa começou recentemente a exportar para os EUA, onde prevê crescer no próximo ano.

Comentários ({{ total }})

Pafil vai abrir fábrica em Famalicão. Pretende contratar 30 colaboradores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião