Benfica e Porto entre os 30 clubes mais ricos do mundo. FC Barcelona no topo do ranking pela 1.ª vez

O Barcelona é, pela primeira vez, o clube de futebol mais rico do mundo, segundo o estudo anual da Deloitte. Mas o Benfica e o Porto também estão no ranking dos 30 clubes mais ricos.

O Benfica e o Porto estão entre os 30 clubes de futebol mais ricos, de acordo com a última atualização ao ranking anual da Deloitte. As “águias” ocupam a 24.ª posição, uma subida de seis posições face à edição anterior, com receitas de 197,6 milhões de euros entre 2018 e 2019, enquanto os “dragões” entram pela primeira vez na lista e ocupam o 29.º lugar, com 176,2 milhões de euros em receitas.

Também pela primeira vez, a lista é encabeçada pelo FC Barcelona, que registou receitas de 840,8 milhões de euros no mesmo período, tendo destronado o antigo líder do ranking, o Real Madrid, que ocupa agora a segunda posição, com receitas de 757,3 milhões de euros. Em terceiro lugar no pódio está o Manchester United, que registou receitas de 711,5 milhões de euros na época.

Os dados fazem parte do estudo anual Money League, elaborado pelo Deloitte Sports Business Group, que compara as receitas dos principais clubes de futebol mundiais. A tabela seguinte mostra as dez primeiras posições da lista atualizada (à esquerda) e do ranking do ano passado (à direita), com a posição do clube, a tendência face ao ano anterior e o número de lugares que subiu ou caiu:

Fonte: Deloitte UK

Segundo o documento, o FC Barcelona é apenas o terceiro clube a chegar ao primeiro lugar desde que a Deloitte começou a elaborar a lista, com respeito à época de 1996/97. A chegada ao topo acontece depois de o clube catalão ter registado um aumento de 22% na receitas entre as duas últimas épocas, na ordem dos 150,4 milhões de euros, sobretudo em receitas de competições e acordos comerciais.

De resto, os clubes de futebol mais ricos concentram-se nas cinco principais ligas europeias, nomeadamente a inglesa, espanhola, alemã, italiana e francesa. Como explica o Financial Times (acesso pago), a tendência está relacionada com o valor mais alto dos direitos de transmissão destas competições, que permitem às empresas desportivas obterem receitas superiores.

À semelhança da tabela anterior, a lista seguinte contém os clubes mais ricos do mundo na última edição do ranking e a comparação com a anterior, entre as 11.ª e 20ª posições:

Fonte: Deloitte UK

Com menos destaque no relatório da consultora, é apenas entre as 21.ª e 30ª posições que se encontram os clubes nacionais. Entre o Ajax e o Wolverhampton encontra-se o Benfica, com receitas de 197,6 milhões de euros, na 24.ª posição. Uma subida comparativamente com a 30.ª posição ocupada na edição anterior da Money League.

Quanto ao Porto, o clube “azul e branco” entra este ano no ranking, diretamente na 29.ª posição. E a análise às contas dos três maiores clubes portugueses, publicada pelo ECO em outubro de 2019, permite perceber a razão: na última época, o clube chegou aos oitavos de final da Liga dos Campeões, até ser eliminado em Inglaterra pelo Liverpool, na segunda mão, o que permitiu aumentar as receitas com as competições da UEFA. As receitas totais do Porto chegaram aos 176,2 milhões, posicionando o clube entre o FC Zenit Saint Petersburg e o Crystal Palace.

Assim sendo, esta terceira tabela mostra os lugares inferiores do ranking da Deloitte, onde se encontram os dois clubes portugueses:

Fonte: Deloitte UK

(Notícia atualizada às 8h54 com mais informações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Benfica e Porto entre os 30 clubes mais ricos do mundo. FC Barcelona no topo do ranking pela 1.ª vez

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião