Assembleia do Livre propõe retirar confiança política a Joacine Katar Moreira

  • ECO
  • 16 Janeiro 2020

Joacine Katar Moreira pode perder, este fim de semana, a confiança política do Livre. Pelo menos, é essa a proposta da assembleia do partido que será votada na convenção agendada para 18 e 19.

A assembleia do Livre — órgão máximo do partido entre congressos — propôs retirar a confiança política a Joacine Katar Moreira, que passaria assim a deputada não inscrita. A proposta citada pelo Público (acesso condicionado) será votada na convenção agendada para o próximo fim de semana.

“Considerando que a eleição para a Assembleia da República de uma representante do Livre é uma responsabilidade que transcende a deputada eleita, e porque não se vislumbra da parte da deputada, Joacine Katar Moreira, qualquer vontade em entender a gravidade da sua postura, nem intenção de a alterar, a assembleia do Livre delibera retirar a confiança política à deputada, pelo que deixa de reconhecer o exercício do seu mandato como sendo exercido em representação do Livre”, lê-se no documento em causa.

Na proposta, o partido diz que é com “profundo pesar” que é tomada esta decisão, “na plena consciência das consequências gravosas que daí advêm” para a capacidade do Livre dar o seu contributo na atual legislatura. “Não podemos manter a confiança política em quem, por opção própria, reiteradamente prescindiu de nos representar“, salienta-se.

Além desta proposta, a convenção deste fim de semana também irá votar uma moção que pede a Joacine Katar Moreira que renuncie ao mandato e avisa que, caso tal não aconteça, será retirada a confiança política à deputada.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Assembleia do Livre propõe retirar confiança política a Joacine Katar Moreira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião