Israelitas transformam antigo convento em Lisboa num hotel de luxo

A cadeia israelita Fattal Hotel Group comprou um antigo convento na Baixa de Lisboa e vai transformá-lo num hotel de luxo. Unidade abrirá sob o nome "Leonardo Hotel".

A Baixa de Lisboa vai ter mais um hotel e, como tem sido comum, num edifício histórico e emblemático. É no antigo convento Corpus Christi que vai nascer, em breve, um hotel de categoria superior a quatro estrelas — Leonardo Hotel. Isto depois de a cadeia israelita Fattal Hotel Group ter adquirido o edifício à turca Optylon Krea, desconhecendo-se o valor da transação.

Está delimitado pela Rua dos Fanqueiros, Rua dos Douradores, Rua da Vitória e Rua de São Nicolau e, em breve, vai começar a transformar-se numa unidade hoteleira. Este antigo convento em plena Baixa de Lisboa vai “renascer” sob o nome Leonardo Hotel, num total de 130 quartos com qualidade superior a quatro estrelas, refere a cadeia israelita, em comunicado.

Convento Corpus Christi, em Lisboa, foi comprado pelos israelitas do Fattal Group.D.R.

O imóvel será “completamente renovado”, mas a sua fachada será mantida “intacta”, afirma o Fattal Hotel Group, explicando que ” o projeto combinará a tradição no seu exterior e a modernidade de design no seu interior” e funcionará sob a marca Leonardo Royal Hotels.

Estamos excitados com este projeto espetacular com o qual desembarcamos em Lisboa, uma cidade com enormes possibilidades para a nossa marca e onde andávamos há muito tempo à procura de uma localização atraente para os nossos clientes”, diz Shay Raz, diretor geral da Leonardo Hotels para Espanha e Portugal, citado em comunicado.

“A singularidade do hotel, com uma dimensão perfeita para a acomodação de viajantes independentes e grupos e, naturalmente, a localização imbatível, promete oferecer aos hóspedes uma experiência única numa cidade tão atraente para o turismo internacional como é a capital portuguesa”, acrescenta, sublinhando o facto de esta abertura ser uma estreia em território nacional.

A cadeia israelita conta já com mais de 200 hotéis em 18 países, num total de 180 unidades em vários países europeus. “Após a abertura nos últimos 18 meses de hotéis em Londres, Amesterdão e Roma, Lisboa é quase a última capital europeia onde não tínhamos presença, por isso estamos muito entusiasmados por poder oferecer num futuro um hotel tão único nesta magnífica cidade”, nota Daniel Roger, managing director da Leonardo Hotels na Europa e no Reino Unido.

Mas esta poderá não ser a única aquisição da cadeia hoteleira em terras lusas já que, segundo Shay Raz, a empresa continua ativamente à procura de “novos projetos”e está aberta à possibilidade de “compra de ativos quanto às modalidades de aluguer ou gestão”.

Comentários ({{ total }})

Israelitas transformam antigo convento em Lisboa num hotel de luxo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião