Exclusivo Venda do EuroBic ao Abanca está por horas

As negociações exclusivas entre o Abanca, Isabel dos Santos e Fernando Teles, os principais acionistas do EuroBic, estão quase fechadas e o acordo poderá ser anunciado nas próximas horas.

A venda do Eurobic ao Abanca estará por horas. O banco galego — na verdade com um patrão de origem venezuelana — entrou num processo de negociações exclusivas para a compra do Eurobic, pelo menos de 75% do capital, incluindo as posições de Isabel dos Santos e de Fernando Teles. E as últimas 48 horas foram frenéticas, com muitas reuniões e muitos envolvidos. E nas últimas horas, já esta sexta-feira, o presidente do banco, Teixeira dos Santos, foi à sede do Banco de Portugal para falar com o governador Carlos Costa. Espera-se agora, nas próximas horas, por um desfecho de um negócio que todos querem, desde logo a gestão, como revelou em primeira mão o ECO Insidera newsletter semanal do ECO exclusiva para assinantes. Mas isso vai significar, claro, o fim da marca Eurobic e o Abanca passará a ser um dos mais relevantes bancos do sistema.

O que é que vai comprar o Abanca? Um bancos com uma das mais elevadas rentabilidades do mercado, acima de 10%, lucros acima dos 60 milhões de euros e um rácio de capital confortável. Tem balcões, e um nível de crédito mal parado claramente abaixo dos 3%.

E quanto pode valor o EuroBic? O EuroBic chegou ao final do terceiro trimestre com capitais próprios de 557 milhões de euros, um valor que tendo em conta os resultados positivos que se antecipam para os últimos três meses do ano passado, poderão aumentar para um valor em torno dos 600 milhões de euros.

Considerando esse capital próprio, mas recorrendo ao método de avaliação comum no mercado de capitais, o price to book, ou seja, o valor atribuído pelos investidores em função dos capitais próprios, o banco vale bem menos. Considerando o rácio a que está a transacionar o único banco português a negociar na bolsa de Lisboa, o BCP, de 0,45 vezes, o valor do EuroBic encolhe para 250 milhões.

Ora, segundo duas fontes que estão a acompanhar as negociações revelaram ao ECO Insider que a primeira proposta vinculativa do Abanca foi de 0,4, mas já terá feito uma nova proposta, revista e aumentada. E é por causa disso que se antecipa um anúncio nas próximas horas.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Venda do EuroBic ao Abanca está por horas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião