Sobe para 41 número de infetados pelo coronavírus em Portugal

O número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus em Portugal continua a aumentar. Já são 41 os infetados pelo vírus responsável pela doença Covid-19, de acordo com a Direção-Geral de Saúde.

O número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus em Portugal subiu de 39 para 41, revelou a Direção-Geral da Saúde (DGS) na última atualização do boletim epidemiológico. 27 casos localizam-se no norte do país, dois no centro, 10 na região de Lisboa e Vale do Tejo e dois no Algarve.

Segundo as autoridades de saúde portuguesas, existem 375 casos suspeitos e 83 aguardam resultado laboratorial. 667 pessoas estão sob vigilância das autoridades. Não há registo de mortes associadas à doença Covid-19.

A DGS já conseguiu identificar seis cadeias de transmissão ativas, sendo que há registo de dois casos importados de Espanha, cinco de Itália e um, que ainda está em investigação, mas que poderá ter tido origem na Alemanha ou na Áustria.

Do ponto de vista demográfico, a maioria dos casos (14) são pessoas com idade entre os 40 e os 49 anos. Mas há registo de seis casos entre os 10 e os 19, de dois casos entre os 20 e os 29, de seis casos entre os 30 e os 39, de quatro casos entre 40 e 59, de seis casos entre os 60 e 69 anos e de três entre os 70 e os 79 anos.

Demografia, casos internados e sintomas

Fonte: DGS

Esta informação surge numa altura em que a epidemia provocada por uma nova estirpe de coronavírus continua a ganhar terreno fora da China, país onde teve origem. Existem mais de 115 mil casos confirmados em todo o mundo e o vírus já provocou a morte a mais de 4.000 pessoas. Cerca de 64 mil infetados recuperaram da doença.

(Notícia atualizada às 12h22 com mais informações)

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Sobe para 41 número de infetados pelo coronavírus em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião