Real Madrid de quarentena devido a caso de Covid-19. Liga espanhola pára duas semanas

  • ECO
  • 12 Março 2020

A Liga espanhola vai parar nas próximas duas semanas, depois de o Real Madrid ter detetado caso de coronavírus na equipa de basquetebol, obrigando todo o clube a ir para quarentena.

A Liga espanhola de futebol vai parar nas próximas duas semanas. A decisão das autoridades espanholas surge depois de a equipa do Real Madrid avançar para quarentena na sequência de um caso de coronavírus na equipa de basquetebol dos merengues.

“Tendo em conta as circunstâncias conhecidas esta manhã, nomeadamente a quarentena estabelecida no Real Madrid e os possíveis casos positivos nos jogadores de outros clubes, a LaLiga considera que se dão as circunstâncias para que se siga com a fase seguinte do protocolo de atuação contra o Covid-19”, diz a entidade que organiza o principal campeonato de futebol no país vizinho.

“Em consequência, de acordo com as medidas estabelecidas (…) decide pela suspensão [do campeonato] nas próximas duas jornadas, pelo menos”, acrescenta a LaLiga.

Esta decisão vai ser reavaliada após o fim das quarentenas decretadas nos clubes afetados e de outras possíveis situações que possam ocorrer, adiantou ainda.

Os merengues decretaram a situação de quarentena depois de Trey Thompkins, jogador da equipa de basquetebol do clube, ter sido confirmado com o novo vírus.

O clube italiano Juventus também tinha confirmado um caso de infetado por Covid-19 esta quarta-feira. Na Europa, os campeonatos ou foram suspensos ou terão partidas a realizarem-se à porta fechada, sem público, para travar o surto, como vai acontecer em Portugal na próxima jornada.

O Covid-19, que já matou 4.600 pessoas em todo o mundo, havendo mais de 125 mil infetados, foi considerado uma pandemia pela Organização Mundial de Saúde.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Real Madrid de quarentena devido a caso de Covid-19. Liga espanhola pára duas semanas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião