Fed vai comprar papel comercial para financiar economia

A Reserva Federal norte-americana anunciou o lançamento de uma linha de crédito que visa adquirir papel comercial para financiar as empresas. Medida é semelhante à tomada na crise financeira de 2008.

A Fed anunciou mais uma medida de emergência para ajudar a manter o fluxo de financiamento à economia. A entidade liderada por Jerome Powell propõe-se a adquirir papel comercial, à semelhança do que fez na crise financeira de 2008.

“Os mercados de papel comercial financiam diretamente um conjunto alargado de atividades económicas, concedendo crédito e financiamento a empréstimos para a compra de automóvel ou habitação, bem como liquidez para satisfazer as necessidades operacionais de muitas empresas”, justifica a Fed num comunicado.

Não é permitido ao banco central conceder diretamente crédito às famílias e às empresas. Porém, em situações de emergência, a entidade pode lançar este tipo de linhas de crédito: “Ao garantir o funcionamento suave deste mercado, particularmente em tempos de dificuldades, a Reserva Federal [Fed] está a providenciar crédito que vai apoiar as famílias, as empresas e os empregos em toda a economia”, acrescenta a nota.

Para implementar este plano, a medida foi aprovada pelo secretário do Tesouro norte-americano, Steve Mnuchin. Segundo a Fed, o Tesouro dará proteção ao banco central no valor de 10 mil milhões de dólares.

Por fim, o organismo presidido por Jerome Powell recorda que “o mercado de papel comercial tem estado sob forte tensão nos últimos dias, à medida que os negócios e as famílias encaram grande incerteza à luz do surto do coronavírus”. Governos em todo o mundo têm sido obrigados a tomar medidas lesivas à economia para impedir a propagação do vírus na população.

Esta é mais uma medida da Fed que surge num período em que se antecipa uma recessão económica mundial. No domingo, a Fed procedeu ao segundo corte surpresa nos juros em poucas semanas, para um patamar próximo de zero, enquanto na segunda-feira lançou uma nova injeção de liquidez no mercado monetário, no valor de 500 mil milhões de dólares.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Fed vai comprar papel comercial para financiar economia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião