Número de mortos em Itália pelo coronavírus sobe para 4.825. Em Espanha ultrapassa os 1.300

O número de mortos devido ao coronavírus em Itália subiu 793, o que foi o maior aumento diário desde que o contágio surgiu no país.

O número de vítimas mortais do coronavírus em Itália não para de aumentar. Subiu para 4.825, anunciaram as autoridades este sábado, numa subida de 19,6%, o maior aumento diário em termos absolutos desde que o contágio surgiu, há cerca de um mês. Em Espanha, as mortes também têm seguido esta trajetória, tendo já superado os 1.300.

Em Itália, país que já ultrapassou a China no número de vítimais mortais, registaram-se 793 mortes em 24 horas, de acordo com a Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês). O número de novos casos confirmados num dia foi superior a 6.500. Os doentes com Covid-19 em Itália passaram de 47.021 para 53.578.

Em Espanha, o número de mortos na Espanha pela epidemia de coronavírus também aumentou neste sábado, de 1.002 para 1.326, segundo os dados mais recentes do Ministério da Saúde do país. O número de casos registados subiu para 24.926 no sábado, o que compara com os 19.980 anunciados no dia anterior.

No total, o novo coronavírus já causou pelo menos 11.401 mortos em todo o mundo, depois de ter sido identificado pela primeira vez em dezembro, de acordo com um balanço da agência noticiosa France-Presse.

(Notícia atualizada às 18h05)

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Número de mortos em Itália pelo coronavírus sobe para 4.825. Em Espanha ultrapassa os 1.300

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião