Com o vírus, preço da carne dispara. Peixe está mais barato

  • ECO
  • 24 Março 2020

Preço do frango e da carne de vaca disparou 30% numa semana, com a menor oferta. Peixe está mais barato.

Portugal viveu uma corrida aos supermercados, que deixou muitas prateleiras vazias. Depois das despensas cheias para enfrentar o isolamento devido à pandemia, a afluência moderou, estando as superfícies comerciais abastecidas dos mais variados produtos, desde mercearia até à carne. Contudo, os preços estão mais altos, tanto no caso do frango como da carne de vaca, diz o Jornal de Notícias.

Peitos de frango, que custavam 4,99 euros o quilo no início do mês, estão a ser vendidos, agora, a 6,49 euros, um aumento de 30%, sendo que o mesmo aumento verifica-se no caso da carne de vaca. E mesmo a carne de porco está 20% mais cara, diz o jornal, justificando a subida dos valores com a origem destes produtos: Espanha, país que está já praticamente parado por causa do vírus.

Marianela Lourenço, secretária-geral da Associação de Comerciantes de Carne, recusa falar em especulação, antes na menor oferta num contexto de procura elevada. Nessa mesma base, mas tendo em conta o encerramento de mercados, lotas e restaurantes, o preço do peixe está a cair.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Com o vírus, preço da carne dispara. Peixe está mais barato

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião