Ebankit vai mudar-se para o Porto Office Park. Quer contratar 40 pessoas

Ebankit arrendou um piso no POP e será uma das próximas empresas a instalar-se neste empreendimento de luxo. Vai contratar 40 colaboradores para áreas de software e segurança.

A fintech portuguesa Ebankit vai mudar-se: arrendou um piso no Porto Office Park (POP) com uma área total de 1.726 metros quadrados e com capacidade para 210 colaboradores. Para além desta novidade, a empresa adiantou ao ECO que está em processo de recrutamento e pretende contratar mais 40 consultores para as áreas de desenvolvimento de software e segurança. As candidaturas podem ser feitas através do site da empresa.

“Já estamos no limite de capacidade nas nossas atuais instalações e precisamos de ter um espaço que seja atrativo. Perante as ofertas de emprego na área da tecnologia, hoje temos de oferecer excelentes condições de trabalho para fidelizar pessoas nesta área”, conta Renato Oliveira, fundador e presidente da Ebankit.

Fidelizar os colaboradores “é um dos grandes desafios das empresas de tecnologia em Portugal”, garante o responsável. Para isso é necessário “inovar a nível de espaços, ter zonas culturais e espaços de lazer”: no POP, a startup encontrou o match perfeito.

Fidelizar os colaboradores é um dos grandes desafios das empresas de tecnologia em Portugal.

Renato Oliveira

Presidente da Ebankit

“O POP é um dos edifícios mais representativos a aparecer no Porto a nível de qualidade de materiais, construção, conforto e localização”, refere Renato Oliveira. O preço médio de um piso no POP ronda aproximadamente os 29 mil euros por mês, tendo em conta que o preço do metro quadrado situa-se entre os 16 e os 18 euros.

A mudança está prevista para agosto, mas o covid-19 pode adiar os planos. “Vamos começar as obras em abril e pretendemos mudar-nos para as novas instalações no verão mas, com esta pandemia, calculamos que o nosso empreiteiro vá ter algumas dificuldades em termos de fornecedores”, admite Renato Oliveira.

A tecnológica fundada no Porto conta ainda com escritório em Londres e em Nova Iorque onde está centrada toda a operação a comercial. No total, a Ebankit conta no total com 80 colaboradores (mais 120 subcontratados). Para o presidente da fintech esta “catástrofe do Covid-19 veio acelerar, ainda mais, o mundo digital”.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ebankit vai mudar-se para o Porto Office Park. Quer contratar 40 pessoas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião