Operadoras assumem os direitos televisivos de março

  • ECO
  • 3 Abril 2020

Altice, Nos, Vodalfone Sport TV aceitaram pagar integralmente aos clubes os direitos televisivos de março. As futuras prestações estarão pendentes da retoma do campeonato. 

Os receios quanto à propagação do novo coronavírus obrigou a suspender as competições desportivas por tempo indeterminado e os clubes de futebol arriscam perder milhões, dada a queda de receitas provenientes da transmissão dos jogos ou bilheteira. Por isso, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) chegou a acordo com as operadoras para pagar faturas relativas aos direitos de televisivos do mês de março, avança o Record (link indisponível).

Acreditem que a decisão agora tomada por Altice, NOS, Vodafone e SportTV é fundamental para os clubes do futebol profissional em Portugal. É, também, um passo importante para que possamos conseguir um ponto de equilíbrio que muito ajudará a ultrapassar uma crise inesperada. Enquanto responsável pela Federação Portuguesa de Futebol, estejam certos de que não o esquecerei“, disse Fernando Gomes, citado em comunicado da FDP.

Segundo o jornal desportivo, a FPF ajudou nas conversações com os bancos que trabalham com os clubes, para chegarem a acordo e, por forma, a mitigar o impacto na tesouraria dos mesmo. Além disso, as futuras prestações estarão pendentes da retoma do campeonato.

Na quinta-feira, houve ainda uma reunião entre os representantes dos clubes e a Liga de Clubes, sendo que em cima da mesa está uma proposta liderada por Pedro Proença, antigo árbitro e presidente da Liga, para o regresso aos treinos, escreve o Record. A medida precisará ainda da aprovação do Governo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Operadoras assumem os direitos televisivos de março

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião