Casos de Covid-19 sobem para 15.472, a maior evolução diária já registada por Portugal

A Direção-Geral da Saúde elevou para 15.472 o número de casos confirmados de Covid-19 em Portugal, mais 1.516 do que no dia anterior. O número total de óbitos no país subiu para 435.

As autoridades de saúde portuguesas encontraram 1.516 novos casos de Covid-19, a maior subida diária em termos absolutos de que há registo, elevando de 13.956 para 15.472 o número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus no país. Trata-se também de um acelerar na taxa diária de novos casos, de 6,20% para 10,9% esta sexta-feira.

Os dados apurados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) até à meia-noite mostram também que a doença provocou a morte a 26 pessoas nas últimas 24 horas, uma redução face a quinta-feira. Esta informação faz subir para 435 o número total de óbitos causados pela pandemia em Portugal até ao momento.

Um total de 233 pessoas já recuperou da doença, numa altura em que o total de casos suspeitos desde 1 de janeiro se fixa em 123.564 e o total de casos não confirmados é de 103.583. Há ainda 4.509 pessoas a aguardarem resultado laboratorial e 25.914 pessoas a serem vigiadas pelas autoridades de saúde.

Na conferência de imprensa diária sobre a evolução da pandemia, a secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, detalhou que o número de doentes internados se fixou em 1.179, “o que representa um acréscimo de 7,6%” face ao dia anterior.

Existem também 226 doentes em unidades de cuidados intensivos, “mais 1,5%”, o que representa uma redução diária de 15 doentes. 13.625 pessoas estão a ser medicamente seguidas nos respetivos domicílios, ou 81,1% do total de casos conhecidos.

Boletim epidemiológico de 10 de abril

DGS exclui cerca sanitária em Castro Daire

A diretora-geral da saúde, Graça Freitas, disse esta sexta-feira que está excluído, para já, o levantamento de uma cerca sanitária no município de Castro Daire.

“Estava a ser equacionada a necessidade ou não de haver uma cerca sanitária. Chegou-se à conclusão que em Castro Daire o que era necessário de facto reforçar junto da população a necessidade de manter o distanciamento social e a necessidade de manter encerrados determinados estabelecimentos”, disse Graça Freitas.

Assim, a especialista acrescentou: “Não havia justificação para fazer um cordão sanitário, era apenas necessário reforçar a contenção dentro de Castro Daire.”

(Notícia atualizada pela última vez às 13h11)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Casos de Covid-19 sobem para 15.472, a maior evolução diária já registada por Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião