Volvo e Daimler parceiras em projeto para veículos movidos a hidrogénio

  • Lusa
  • 21 Abril 2020

A parceria passa pela criação de uma nova companhia que prevê um investimento inicial superior aos 600 milhões de euros.

A empresa de automóveis Volvo e um departamento da Daimler iniciaram uma parceria para desenvolver e produzir células de combustível a hidrogénio (“fuel cell”) para veículos pesados, disseram esta terça-feira as duas empresas.

A Volvo, empresa sueca, e a Daimler, alemã, anunciaram a parceria e a criação de uma nova companhia que prevê um investimento inicial superior aos 600 milhões de euros.

A parceria diz respeito apenas ao projeto de células de combustível a hidrogénio porque as duas empresas vão continuar a ser concorrentes em outras áreas.

Para as duas companhias a introdução das células de combustível a hidrogénio pode ser desenvolvida sobretudo em veículos pesados. As “fuel cell” usam hidrogénio para gerar eletricidade.

“No atual contexto económico a cooperação torna-se ainda mais necessária”, refere um comunicado das duas empresas que esperam alcançar resultados na segunda metade da década.

A tecnologia pode vir a ser aplicada a outro “tipo de veículos” e mesmo a outros setores industriais.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Volvo e Daimler parceiras em projeto para veículos movidos a hidrogénio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião