Volvo chama mais de 11 mil carros à oficina em Portugal

Recall afeta automóveis com motores a diesel de quatro cilindros, construídos entre 2014 e 2019. Em causa estão os modelos S60, S80, S90, V40, V60, V70 e V90, mas também os SUV XC60 e XC90.

A Volvo vai chamar à oficina 507 mil veículos em todo o mundo, sendo que em Portugal são mais de 11 mil os automóveis que têm uma peça junto ao motor que, em caso de sobreaquecimento, pode, em último caso, provocar um incêndio.

“Em Portugal são 11.097 veículos” afetados, revelou fonte oficial da marca sueca em Portugal em resposta à questão colocada pelo ECO. Os proprietários dos veículos afetados estão a ser contactados pela fabricante, sendo que a reparação deverá ser realizada até ao final do ano.

Portugal é só um dos muitos mercados afetados por este recall que afeta automóveis com motores a diesel de quatro cilindros, construídos entre 2014 e 2019. Em causa estão os modelos S60, S80 e S90, as carrinhas V40, V60, V70 e V90, mas também os SUV XC60 e XC90.

A intervenção, que ficará a cargo da Volvo, não havendo custos para os proprietários destes modelos, incidirá sobre o coletor de admissão, que é feito de plástico. Este pode, de acordo com o porta-voz da marca sueca, derreter. “Levou a incêndios em alguns casos”, disse Stefan Elfstrom à agência noticiosa sueca TT.

Comentários ({{ total }})

Volvo chama mais de 11 mil carros à oficina em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião