Covid-19: Mercearia online quer ligar produtores a consumidores e escoar produtos

  • Lusa
  • 27 Abril 2020

A mercearia online Bairro foi lançada esta segunda-feira e disponibiliza frutas, legumes, verduras, frutos secos e grãos, e produtos biológicos. Entregas são feitas pelos produtores e comerciantes.

A mercearia online Bairro, lançada esta segunda-feira, pretende ligar produtores, comerciantes e consumidores de frutas e hortícolas de todo o país, de forma a responder às dificuldades de escoamento e de aquisição de produtos criadas pela pandemia da Covid-19.

Em comunicado, a empresa responsável pela criação da mercearia explica que “o Bairro abre um canal direto entre os pequenos produtores, cooperativas e mercearias locais”, dando-lhes a oportunidade de exporem os seus produtos agrícolas e oferece ao consumidor final “uma oferta alargada de produtos frescos nacionais para ir colocando no carrinho de compras”.

Segundo a empresa AgriMarketplace, “a plataforma disponibilizará frutas, legumes, verduras, frutos secos e grãos, e produtos biológicos” e vai funcionar em todo o país “por geolocalização, sendo as entregas feitas pelos produtores e comerciantes” na casa do consumidor, com o pagamento a ser feito no ato da entrega.

Tiago Pessoa, co-fundador da empresa, refere que a plataforma surgiu “da necessidade identificada de ajudar os produtores” e aproveita “as mais valias do mercado digital onde o comércio de produtos agrícolas é fácil, rápido e transparente”.

Esta é uma aposta na produção nacional de produtos agrícolas, na reconhecida qualidade e procura. Queremos, com o Bairro, permitir a todos os consumidores o acesso direto a essa qualidade, neste momento em que estamos em casa. É importante, darmos segurança, conforto e, acima de tudo, qualidade a todos, garantindo esta plataforma de proximidade”, afirma Tiago Pessoa.

Portugal, que cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, decretado devido à pandemia da covid-19, regista esta segunda-feira 928 mortos associados à covid-19, mais 25 do que no domingo, e 24.027 infetados (mais 163), indica o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Covid-19: Mercearia online quer ligar produtores a consumidores e escoar produtos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião