Há uma plataforma que quer ajudar pequenos comerciantes a vender online

Chama-se comerciantes.pt e quer ajudar os pequenos comerciantes a venderem os seus produtos alimentares e domésticos através do digital. Arranca esta quinta-feira na Grande Lisboa.

Em tempos de isolamento, e com as lojas praticamente encerradas, as empresas têm que reinventar os seus negócios. Por isso, um grupo de voluntários decidiu criar uma plataforma digital, por forma a ajudar os pequenos comerciantes a digitalizar os seus negócios e a vender online. Chama-se comerciantes.pt, não tem custos, vende produtos alimentares e domésticos e arranca esta quinta-feira na Grande Lisboa.

Com o país mergulhado em plena crise de Covid-19, as compras online aceleraram. Mas há comerciantes com os negócios suspensos. Nesse sentido, a comerciantes.pt nasceu para ajudar os comerciantes locais que não estão familiarizados com com o comércio local. “Queremos ajudá-los a passar por este período mais difícil, ajudando simultaneamente todos os que estão em isolamento a poder continuar a comprar localmente os produtos que mais gostam”, explica Fernando Amaral, um dos voluntários responsáveis pelo desenvolvimento da plataforma, em comunicado.

Com equipa dedicada a fazer consultoria e apoio técnico, “de forma completamente gratuita e sem comissões”, o projeto é uma espécie de “marketplace que serve de montra dos pequenos comerciantes”, lê-se na nota de imprensa.

Nesta primeira fase, a plataforma arranca com comerciantes das freguesias do concelho de Lisboa, “que tenham capacidade de entrega própria ou através de parcerias”, mas a ideia é estendê-lo para outros concelhos. Nesse sentido, para os comerciantes que queiram juntar-se ao projeto, devem preencher um formulário no site da plataforma.

Por outro lado, para os consumidores a comerciantes.pt oferece “uma escolha completa de produtos alimentares e domésticos”, sendo que os interessando devem registar-se o site, por forma a serem posteriormente notificados quando o serviço estiver disponível na área de residência, esclarece o comunicado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há uma plataforma que quer ajudar pequenos comerciantes a vender online

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião