EDP Renováveis consegue novo contrato solar de 100 megawatts nos Estados Unidos

Empresa assegurou contrato de compra de energia com a Redwood Coast Energy Authority, nos EUA. Com este contrato, a subsidiária EDP, tem assegurado 2,0 GW de projetos a serem instalados no país.

A EDP Renováveis fechou mais um contrato, desta vez no mercado americano. A empresa, através da sua subsidiária EDP Renewables North America, assegurou um contrato de compra de energia (CAE) a 15 anos com a Redwood Coast Energy Authority (“RCEA”) para vender a energia produzida pelo projeto solar fotovoltaico MW Sandrini Sol I de 100 MW.

O projeto, localizado no estado da Califórnia nos Estados Unidos, deverá arrancar em 2022. “Com este contrato, a subsidiária EDP, tem assegurado dois gigawatts de projetos a serem instalados nos EUA até 2022″, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Em 2022, o portfólio da EDPR pretende alcançar 1,6 GW de capacidade solar, tendo em conta os atuais ativos solares operacionais da EDP Renováveis e os 1,3 GW de projetos solares já contratados.

Segundo o comunicado, atualmente, a EDP Renováveis tem assegurado 83% dos 7,0 GW de capacidade build-out prevista para o período de 2019-2022. “A empresa controlada pela EDP refere que “continuará a analisar e desenvolver projetos que se enquadrem nos seus critérios internos de risco e rentabilidade”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis consegue novo contrato solar de 100 megawatts nos Estados Unidos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião