EDP acelera 6% após disparo nos lucros

EDP brilhou na bolsa de Lisboa, com as ações a acelerarem mais de 6%. Mexia anunciou ontem um disparo dos lucros no primeiro trimestre e mateve a meta para 2020 apesar da pandemia.

A EDP foi a estrela da sessão na bolsa de Lisboa. As ações da elétrica nacional valorizaram 6,02% para 4,124 euros, depois de ter anunciado um disparo de 45% dos lucros no primeiro trimestre e de o CEO António Mexia ter assegurado que a pandemia não mudou o objetivo de lucro de 800 milhões para este ano.

Foi um desempenho que permitiu ao PSI-20, o índice de referência nacional, valorizar 0,42% para 4.238,40 pontos, isto apesar da perda de 1% no acumulado desta semana.

Além da EDP, mais oito cotadas nacionais encerraram a semana com ganhos. A Mota-Engil valorizou 2,99% para 1,102 euros, no segundo melhor registo em Lisboa.

Entre os pesos pesados nacionais, o dia foi negativo. A Galp e a Jerónimo Martins desvalorizaram 1,16% para 10,26 euros e 0,35% para 15,45 euros, respetivamente.

A operadora Nos teve um dos piores desempenhos, com uma queda de 1,75%, depois de ter anunciado prejuízos de 10 milhões de euros no trimestre.

EDP acelera 6% após resultados

Lisboa acompanhou o sentimento europeu, com os investidores mais animados em relação ao acordo comercial entre os EUA e China e as indicações de que a implementação da fase 1 está a correr dentro do previsto.

A praça de Londres esteve encerrada devido à celebração dos 75 anos do fim da II Guerra Mundial. Mas em Frankfurt, Paris e Milão os ganhos ascenderam a mais de 1%. O espanhol IBEX-35 somou 0,71%.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

EDP acelera 6% após disparo nos lucros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião