Só metade dos portugueses usam máscara quando saem de casa

Mais de dois terços dos inquiridos numa sondagem da Marktest diz que já tem uma máscara em casa para quando for necessário.

Só cerca de metade dos portugueses utiliza máscara quando sai de casa, revela uma sondagem da Marktest. Isto mesmo quando mais de dois terços dos inquiridos refere que já tem uma máscara em casa para quando for necessário, número que aumentou nas últimas semanas.

Enquanto há duas semanas apenas 47% dos portugueses inquiridos tinha uma máscara, agora essa percentagem subiu para 71%. O número de pessoas que de facto utilizam este equipamento de proteção quando saem de casa também aumentou. No entanto, continua a não ser superior a 50%.

Quanto a necessidade de utilizar máscaras, já 82% dos inquiridos concordam que o seu uso deveria ser obrigatório. De recordar que, desde o início do mês, o uso de máscara é obrigatório nos transportes públicos, comércio, escolas, bem como, em locais fechados em que haja um elevado número de pessoas.

Ser contaminado é o principal receio dos portugueses nesta altura, seguido pela falência da economia nacional. A informação para esta que é a 7ª edição do barómetro de opinião Covid-19 foi recolhida entre os dias 27, 28 e 29 de abril, junto de uma amostra de 519 inquiridos, com mais de 18 anos, residentes em Portugal Continental.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Só metade dos portugueses usam máscara quando saem de casa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião