Rolls-Royce prevê suprimir nove mil postos de trabalho

  • Lusa
  • 20 Maio 2020

Grupo justifica a decisão com a pandemia. Diz que vão ser precisos muitos anos para que a o mercado da aeronáutica comercial encontre os mesmo níveis que tinha há poucos meses.

O fabricante de motores de avião Rolls-Royce vai suprimir de “pelo menos” nove mil postos de trabalho por causa do decréscimo das ligações aéreas provocado pela pandemia de cCovid-19, disse à AFP fonte da empresa.

Num comunicado, o grupo justifica a decisão declarando que é “cada vez mais evidente que vão ser precisos muitos anos para que a o mercado da aeronáutica comercial encontre os mesmo níveis que tinha há poucos meses”.

Uma fonte próxima do processo de reconversão da empresa disse à France Presse que a partir do fim do mês o grupo industrial britânico inicia a supressão de “pelo menos” nove mil postos de trabalho.

Na sequência da pandemia e para a combater, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), paralisando setores inteiros da economia mundial, nomeadamente o da aviação, num “grande confinamento” que vários países já começaram a aliviar face à diminuição dos novos contágios.

O Covid-19 já provocou mais de 320 mil mortos e infetou quase 4,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Rolls-Royce prevê suprimir nove mil postos de trabalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião