Centros comerciais em Lisboa poderão voltar a abrir a 15 de junho

A reabertura das grandes superfícies comerciais em Lisboa estava prevista para amanhã, mas face ao elevado número de pessoas infetadas na região, o Governo decidiu adiar a reabertura.

O Governo voltou a adiar a reabertura dos centros comerciais na região de Lisboa, devendo tomar essa decisão na próxima reunião do Conselho de Ministros. Mas o primeiro-ministro já adiantou que “está em condições” de levantar essas restrições a partir de 15 de junho, isto porque, considerou, os focos que existem “estão muito bem delimitados”.

Não estamos numa situação de crescimento generalizado da situação da pandemia, pelo contrário. Dos 18 municípios da área metropolitana [de Lisboa] podemos concentrar verdadeiramente em cinco [concelhos] os focos que existem“, começou por referir António Costa, em declarações transmitidas pela RTP3.

Nesse sentido, o chefe de Governo adiantou que mesmo nesses concelhos, “os focos estão muito bem delimitados em pessoas que trabalham em empresas de trabalho temporário ou no setor da construção civil”, pelo que “no próximo Conselho de Ministros”, o Governo está “em condições para levantar as condições que subsistem a partir do dia 15 de junho“.

O primeiro-ministro reiterou ainda que “não há nenhum motivo para alarme”, mas sublinha que “a sessão no Infarmed na próxima segunda-feira é muito importante e os próximos dias são muito importantes para avaliar a situação na Grande Lisboa”.

Assim, tanto centros comerciais como as lojas com mais de 400 metros quadrados permanecerão encerradas. A meio da tarde desta quinta-feira tinha publicado um decreto em Diário da República a dar conta do continuidade do encerramento das lojas do cidadão na área metropolitana de Lisboa até 15 de junho.

Além disso, mantém-se a interdição de ajuntamentos de 10 pessoas, enquanto no resto do país passou a partir desta segunda-feira, dia 1 de junho, para 20 pessoas.

A terceira fase de desconfinamento está a feita a diferentes velocidades no país. A situação na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) merece uma atenção especial, face ao número crescente de contágios nos últimos dias, sendo que nas últimas 24 horas 93,4% dos novos casos foram registados nesta região.

(Notícia atualizada às 20h42)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Centros comerciais em Lisboa poderão voltar a abrir a 15 de junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião