Primeiras notas assinadas por Lagarde estão prestes a chegar ao seu bolso

As notas de cinco e dez euros são as primeiras a chegar com a assinatura de Christine Lagarde. Começam a entrar em circulação na próxima semana.

As primeiras notas com a assinatura de Christine Lagarde, que assumiu o cargo de presidente do Banco Central Europeu (BCE) em novembro do ano passado, estão quase a chegar aos bolsos dos europeus. Esta nova “coleção” arranca com as notas de cinco e dez euros, que vão entrar em circulação já na próxima semana.

Apesar da chegada destas novas notas, aquelas com a assinatura de antigos presidentes da instituição vão permanecer legais, garante o BCE, nas redes sociais. As anteriores têm assinaturas de Mario Draghi, Jean Claude Trichet e Wim Duisenberg, sendo que esta será a primeira vez que as notas terão a assinatura de uma mulher.

Lagarde também marcou a ocasião nas suas páginas oficiais, recordando que foi em novembro, mês em que assumiu o cargo à frente do banco central, que deu a sua assinatura para ser impressa nas notas de euro.

“As notas de euro são um símbolo da integração europeia, que servem como lembrete diário do que alcançamos juntos“, escreveu Christine Lagarde, num post que vem acompanhado de uma foto sua a segurar as novas notas, que vão entrar em circulação na próxima semana nos países da Zona Euro.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Primeiras notas assinadas por Lagarde estão prestes a chegar ao seu bolso

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião