Mercedes-Benz recolhe na China mais de 660 mil veículos em risco de vazar óleo

  • Lusa
  • 5 Julho 2020

A recolha dos mais de 660 mil veículos vai começar em 18 de dezembro e inclui vários modelos fabricados entre fevereiro de 2013 e junho de 2017.

A Mercedes-Benz vai começar a recolher no final deste ano na China mais de 660.000 veículos com risco de vazamento de óleo, fabricados entre 2013 e 2017, e vai substituir gratuitamente peças.

A agência AP, citando um aviso publicado na semana passada no site da administração estatal da China para a regulamentação do mercado, e publicado pela agência oficial de notícias Xinhua, explica que o risco foi detetado na vedação entre a bomba de combustível de alta pressão e o tubo de combustível de baixa pressão, que pode enfraquecer com o tempo e permitir que o óleo vaze quando o motor arranca em clima frio.

A recolha dos 668.954 veículos vai começar em 18 de dezembro e inclui vários modelos fabricados entre fevereiro de 2013 e junho de 2017, incluindo classe C, classe E, classe V, classe GLK, classe CLS, classe SLC, classe SLC e GLC SUV e veículos VS20 VITO.

A maioria dos veículos foi fabricada na China pela Beijing Benz Automotive, cerca de 12.500 foram construídos pela Fujian Benz Automotive e cerca de 36.000 foram importados.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mercedes-Benz recolhe na China mais de 660 mil veículos em risco de vazar óleo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião